fbpx

“Mesmo abrindo lojas sabemos que não teremos o fluxo de antes”, aponta executiva da Le Postiche

O Mercado & Consumo em Alerta desta quarta-feira (17) reuniu, em mais um webinar gratuito, executivos com grande atuação e engajamento em suas áreas de atuação. Com mediação de Marcos Gouvêa de Souza, diretor-geral do Grupo GS& Gouvêa de Souza, estiveram presentes hoje Paulo Camargo, presidente da Arcos Dorados (McDonald’s); Sergio Zimerman, CEO da Petz e Alessandra Restaino, superintendente de Produto e Makerting da Le Postiche para um debate virtual sobre o presente e o futuro dos negócios no Brasil.

A Le Postiche, rede de lojas de artigos para viagem, bolsas e acessórios, assim como os demais segmentos, viu seu faturamento cair com o avanço da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Sua superintendente de Produto e Makerting, Alessandra Restaino, contou que a empresa precisou ‘correr’ para se adaptar ao momento. Segundo ela, o e-commerce era um problema para a Le Postiche, mas com a pandemia fizeram a lição de casa e aprimoraram o canal. “Nós praticamente dobramos o nosso e-commerce e expandimos as ferramentas de vendas com a utilização de catálogos de produtos virtuais, que serviram de apoio para o nossos colaboradores”, explicou.

Ainda de acordo com a executiva, o lado positivo deste momento tem sido a aceleração de tendências, a implantação de canais e modalidades comerciais inovadores, a adoção pela população de novas práticas que estimulam a inovação e a criatividade empresarial. “A Le Postiche está sempre de olho em oferecer ao consumidor a melhor experiência de compra, seja em lojas físicas por todo o Brasil ou no ambiente on-line, que pode ser acessado pelos clientes onde quer que eles estejam”, disse Alessandra.

Sobre o retorno das lojas físicas, ela acredita que o fluxo não será o mesmo. Para ela será preciso criar mecanismos de busca deste consumidor fora da loja com a ativação da base de clientes e o estreitamento no relacionamento, unindo os canais físico com o digital. “Na minha visão, a loja vai ser um ponto de experiência, porque as pessoas gostam de experimentar e tocar os produtos. Por isso a integração dos dois canais vai ser fundamental neste momento”, disse.

Alessandra contou ainda que a crise serviu para enxergar o trabalho de construção da marca até aqui e o legado que ela deixou desde a sua fundação. “A maneira que estamos nos relacionamento com os nossos fornecedores, lojistas e colaboradores, nos faz entender que o sucesso da Le Postiche foi uma construção de longo prazo, de valores sólidos e premissas que nos trouxeram até aqui”, comemora.

A Le Postiche iniciou suas atividades em 1978 e hoje possui 80 lojas próprias e 120 licenciadas espalhadas pelo Brasil, sendo a maior rede de lojas de artigos de viagem e acessórios de couro da América Latina.

Este webinar contou com patrocínio da ACI Universal Payments, empresa com solução única e universal que oferece pagamentos em tempo real corporativos e de varejo.

* Imagem reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: