fbpx

“Empresas familiares precisam de governança forte”, alerta superintendente do Grupo Lins Ferrão

À frente do Grupo Lins Ferrão, que inclui Lojas Pompéia e Gang, a empresária Carmen Ferrão participou nesta manhã de live promovida pela Mercado&Consumo. Ao lado de Jorge Gonçalves Filho, diretor de Expansão e Novos Negócios da Telhanorte Tumelero e Ubirajara Pasquotto, CEO da Cybelar, Carmen revelou que foi difícil para toda empresa ter que fechar as lojas.

A executiva contou que foi preciso criar um plano de contenção para enfrentar o período e administrar os negócios de casa, a partir de reuniões virtuais com sua equipe. Durante sua participação, Carmen falou sobre a aquisição das lojas Gang feita pelo Grupo Lins Ferrão, dono das lojas Pompéia. Ela disse que o principal objetivo da transação era atingir um novo nicho de mercado: o milenialls. Segundo a superintendente, tratava-se de uma tentativa de complementaridade de mercado, pois não existia um interesse em fundir as operações. “Nossa ideia foi a de sempre manter as duas empresas, com públicos diferentes”, ressaltou.

Após essa aquisição, Carmen disse que o Grupo Lins Ferrão alcançou forte participação no mercado a partir de uma série de investimentos importantes. Recentemente, por conta da pandemia, alguns planos foram acelerados, como a integração dos Centros de Distribuição das lojas Pompéia e Gang e o e-commerce das duas marcas. “O caos traz sempre oportunidades. O período tem sido muito salutar para a eficiência dos negócios com inciativas como integrações de CD’s, integrações de e-commerces e de lojas físicas, todas as iniciativas que têm sido muito benéficas para o desenvolvimento dos negócios” e completou citando que o e-commerce da Gang deu um salto significativo no período.

 

Sobre sucessão familiar, Carmen, que integra a segunda geração no comando do grupo, disse que a empresa foi feira para ter continuidade e não para um governo ou outro. “Empresas familiares precisam ter uma governança forte. Temos um processo de sucessão da primeira para a segunda geração e já iniciamos o desenvolvimento da segunda pra a terceira”, explicou.

Ela disse ainda que o principal, além das questões familiares, é o foco naquilo que realmente o seu negócio opera. “Temos isso muito bem estabelecido dentro da empresa com ações voltadas para cada um dos púbicos. Nosso propósito é vestir as pessoas do Brasil inteiro e quem está na gestão tem que ter isso muito claro”, concluiu.

* Imagem reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: