fbpx

Supermercados: medidas de combate a Covid-19 para reduzir o contágio

A flexibilização das medidas do isolamento social já é uma realidade para muitos municípios brasileiros. Entretanto, a atenção voltada para a higienização e proteção dentro de supermercados continua sendo essencial. Dessa forma, a Ecolab, líder mundial em prevenção de infecções, soluções e serviços para água e higiene, disponibiliza um portal de informações, dedicado ao tema do novo coronavírus, com recomendações de seus especialistas globais.

O portal disponibiliza webinars e conteúdos produzidos por PhDs sobre sanitização e prevenção de infecções para diversos tipos de ambiente, como por exemplo, os serviços voltados ao varejo de alimentos.

Considerado como o principal serviço essencial neste período, os supermercados devem manter medidas para um ambiente mais seguro para seus clientes e funcionários.

“Garantir condições mais seguras nas lojas, definições de novos processos para ampliar a proteção das pessoas e colaboradores, assegurar os protocolos de higienizações nas manipulações de alimentos e prevenção trazem a confiança do consumidor final. Esses sãos nossos principais objetivos para o setor nesse momento”, explica Alex Souza, gerente de distrito da divisão de Food Retail Services para a Ecolab no Brasil.

Veja alguns pontos de destaque:

  • A higienização de todo o local deve ser realizada com desinfetantes, devidamente registrados na ANVISA, devido ao fato de sua composição destruir ou inativar bactérias, fungos e vírus de forma irreversível;
  • O uso de equipamentos de segurança individual é essencial para a proteção dos colaboradores. Dessa forma, reforçar a higienização do estoque e das áreas de apoio à padaria e açougue devem ser colocados como prioridade. Além disso, orientar os funcionários sobre as práticas corretas de higiene pessoal;
  • Os carrinhos e cestas de compras devem ser higienizados frequentemente, a cada uso por cliente ou durante o período adequado de acordo com a eficácia da solução química sugerida principalmente as áreas de contato manual, como barras, alças e assentos; o indicado é realizar, também, a limpeza e desinfecção, com uma solução química apropriada de todas as superfícies de contato como, por exemplo, corrimãos, máquinas de cartões, apagadores, etc;
  • Para unidades que realizam entregas, a atenção também deve estar nas embalagens utilizadas para acondicionar os produtos: higienização com solução desinfetante a cada viagem e, para uma limpeza mais profunda, recomenda-se a lavagem com detergente. Para a secagem, aguardar de 24 a 48 horas.

Dentre as recomendações, é importante reforçar que o treinamento constante dos funcionários é fundamental para prevenir a disseminação do vírus. As instalações devem garantir que os profissionais recebam informações atualizadas para manter o ambiente limpo e higienizado, seguindo as boas práticas do setor e as recomendações dos órgãos internacionais de saúde pública.

“Nossos pesquisadores estão se dedicando para oferecer soluções e programas confiáveis para combater a disseminação da COVID-19. Acreditamos que, além de oferecer nosso portfólio, compartilhar as informações que temos como especialistas mundiais em prevenção a infecções, é fundamental para combater a pandemia. Este é o momento para nos unirmos e trocarmos informações que podem ser vitais para proteger vidas”, afirma Orson Ledezma, vice-presidente e gerente geral das operações da Ecolab para o Brasil e América Latina.

* Imagem reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: