Supermercados: medidas de combate a Covid-19 para reduzir o contágio

cuidado nos supermercados

A flexibilização das medidas do isolamento social já é uma realidade para muitos municípios brasileiros. Entretanto, a atenção voltada para a higienização e proteção dentro de supermercados continua sendo essencial. Dessa forma, a Ecolab, líder mundial em prevenção de infecções, soluções e serviços para água e higiene, disponibiliza um portal de informações, dedicado ao tema do novo coronavírus, com recomendações de seus especialistas globais.

O portal disponibiliza webinars e conteúdos produzidos por PhDs sobre sanitização e prevenção de infecções para diversos tipos de ambiente, como por exemplo, os serviços voltados ao varejo de alimentos.

Considerado como o principal serviço essencial neste período, os supermercados devem manter medidas para um ambiente mais seguro para seus clientes e funcionários.

“Garantir condições mais seguras nas lojas, definições de novos processos para ampliar a proteção das pessoas e colaboradores, assegurar os protocolos de higienizações nas manipulações de alimentos e prevenção trazem a confiança do consumidor final. Esses sãos nossos principais objetivos para o setor nesse momento”, explica Alex Souza, gerente de distrito da divisão de Food Retail Services para a Ecolab no Brasil.

Veja alguns pontos de destaque:

Dentre as recomendações, é importante reforçar que o treinamento constante dos funcionários é fundamental para prevenir a disseminação do vírus. As instalações devem garantir que os profissionais recebam informações atualizadas para manter o ambiente limpo e higienizado, seguindo as boas práticas do setor e as recomendações dos órgãos internacionais de saúde pública.

“Nossos pesquisadores estão se dedicando para oferecer soluções e programas confiáveis para combater a disseminação da COVID-19. Acreditamos que, além de oferecer nosso portfólio, compartilhar as informações que temos como especialistas mundiais em prevenção a infecções, é fundamental para combater a pandemia. Este é o momento para nos unirmos e trocarmos informações que podem ser vitais para proteger vidas”, afirma Orson Ledezma, vice-presidente e gerente geral das operações da Ecolab para o Brasil e América Latina.

* Imagem reprodução

Sair da versão mobile