fbpx

A combinação mágica de Eficiência, Flexibilidade, Produtividade e Felicidade no Home Office

É parte da nova realidade e veio para ficar. O que eram iniciativas isoladas e limitadas a um ou dois dias por semana, a pandemia transformou em elemento permanente do cenário emergente. E o desafio no novo home office (HO) dominante passou a ser como combinar de forma mágica Eficiência, Flexibilidade, Produtividade e Felicidade.

Para muitos, nesse novo ambiente do home office, uma reinterpretação mais ousada poderia caracterizar que não é que você trabalha em casa, mas …. você mora no trabalho.

Muito simples discutir virtudes e flexibilidade do HO quando se está na zona sul de São Paulo e tem seu escritório isolado em casa ou no apartamento, devidamente equipado com internet estável e de alta velocidade, laptop atual e mais impressora e copiadora. E os filhos já estão criados e estão independentes. Nesse caso a vida profissional e pessoal tem um upgrade existencial mágico e a recém descoberta das virtudes do HO é um dos legados positivos da pandemia. Mas isso é para os happy few.

A questão é muito mais complexa quando se mora num apartamento menor. Seu companheiro(a) também é obrigado(a) a trabalhar remoto, a internet oscila e é instável e o plano contratado, quando disponível, entrega muito menos, mas a conta permanece igual. Complica mais ainda se os filhos estão em idade escolar e sem aulas. As reuniões virtuais se multiplicam e os sábados e domingos foram incorporados como dias quase normais de atividade por conta da pressão do mercado recessivo apesar da carga contratada de trabalho e o salário terem sido reduzidos em 50%. E na maioria dos casos ainda falta, ou é inviável, avós que possam ficar com os filhos em alguns momentos para permitir um nível mínimo de concentração.

E pode ser pior ainda, se for um dos novos desempregados gerados pela pandemia e está sendo feito algum bico para gerar alguma receita além do auxílio emergencial.

Seguramente essas imagens, com cores e tons em diferentes intensidades são, de fato, as dominantes.

Para completar o desenho do macro cenário, cresce o número de organizações que, por questão de custo ou racionalização, além das questões de saúde e prevenção, define que o HO será a nova realidade e reduz espaços corporativos e frequência aos escritórios. Em alguns casos adotando políticas que podem envolver apoio na comunicação e internet, na reconfiguração do auxílio alimentação e eventual transporte, bem como questões ligadas a equipamentos para o trabalho em casa ou, ops, morar no trabalho!

O tema central para todas as organizações que operavam em escritórios corporativos é como maximizar as componentes Eficiência, Produtividade e Flexibilidade sem esquecer da vital vertente da Felicidade, dentro da nova realidade.

Por muitos anos aperfeiçoamos os elementos que poderiam contribuir para o melhor desempenho nos espaços corporativos envolvendo layout, ergonomia, comunicação visual, eletrônica e digital, espaços recreativos e de inovação, alimentação no trabalho, luzes, cores, cheiros, plantas e muito mais. Negócios surgiram e cresceram especializados na busca dessa combinação ótima. E muitos estudos e pesquisas foram desenvolvidos, produtos criados e repensados, consultorias contratadas para buscar esse cenário ideal que contribuísse para a maior eficiência e satisfação de todos no ambiente corporativo.

E de repente, não mais que de repente, absolutamente tudo tem que ser novamente repensado.

Estamos, definitivamente, começando um novo ciclo onde a solução híbrida de HO e trabalho no ambiente corporativo deverá ser reconfigurada na perspectiva, ao menos atual, de que o período no escritório deverá ser menor do que aquele em casa, com todos os seus reflexos na vida das pessoas, das comunidades, no transporte e na reconfiguração da geografia de consumo. Um novo e vasto campo de pesquisa, estudo, aprendizado, serviços e soluções. Mais um legado da pandemia.

E o desafio que se impõe é a busca dessa combinação mágica, no mínimo nos dois ambientes, escritório corporativo e casa, que permita melhorar a Eficiência, a Flexibilidade, a Produtividade e, haja desafio, a Felicidade.

NOTA: O repensar do consumo impactado pela evolução do home office combinado com o escritório corporativo, também será tema que estará na pauta do Global Retail Show, de 13 a 19 de setembro, em 15 países e apresentado por perto de 280 líderes desses setores em todo o mundo. E com duas pesquisas exclusivas, uma sobre o comportamento e atitudes pós-Covid, realização da Mosaiclab e apoio da Toluna, e outra como os empresários brasileiros do setor avaliam a evolução do varejo, essa com apoio da FGV.

* Imagem reprodução

Marcos Gouvêa de Souza

Marcos Gouvêa de Souza

Marcos Gouvêa de Souza é fundador e diretor-geral da Gouvêa Ecosystem, membro do IDV – Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, do IFB – Instituto Foodservice Brasil, Presidente do LIDE Comércio e membro do Ebeltoft Group, aliança global de consultorias especializadas em varejo em mais de 25 países. Publisher da plataforma Mercado & Consumo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: