Associação investe em transformação digital de pequenas farmácias

A Associação Brasileira das Redes Associativistas de Farmácias e Drogarias (Abrafad) firmou uma parceria com o aplicativo de delivery Farmácias App para dar acesso de maneira simples e rápida ao comércio digital para pequenas redes e farmácias independentes de todo o País. A expectativa é de que 3 mil pontos de venda tenham a plataforma nos próximos meses.

O aplicativo, que iniciou a expansão nacional em janeiro deste ano, funciona como um “shopping virtual” para farmácia e foca redes menores e farmácias independentes.

“O investimento para que essas farmácias criem e tenham seus próprios aplicativos de venda online é grande. Não compensaria para elas, pois, além do custo com desenvolvimento, existe ainda todo o investimento na conquista do consumidor final. Nós criamos um aplicativo em que cada farmácia pode ofertar seus produtos de maneira independente e com suas próprias regras de negócio, preço, raio de entrega e horários de funcionamento de maneira muito simples sem precisar investir no custo do desenvolvimento”, explica Jorge Antunes, Coordenador de novos negócios na Farmácias APP.

De forma gratuita, as farmácias criam suas “lojas” dentro da plataforma. Todo o controle sobre o que é anunciado e, como é ofertado, é de responsabilidade da farmácia. O aplicativo, por sua vez, faz o trabalho de divulgação e marketing captando usuários para o aplicativo. Quando um cliente busca por um produto dentro do aplicativo, ele recebe opções de farmácias próximas que vendem aquele item e o prazo de entrega que varia entre 2h e 24h. Toda a negociação e pagamento é feita pelo aplicativo.

Negociação diferenciada

A remuneração do aplicativo é feita com uma porcentagem sobre as vendas de cada farmácia. A parceria com a Abrafad garante aos associados uma negociação diferenciada com relação à porcentagem.

“A intenção é que todos os associados da Abrafad integrem o aplicativo e tenhamos 2.300 pontos conectados à plataforma no País, aumentando as vendas e fazendo com que os pequenos farmacistas também participem da transformação digital”, comenta Nilson Ribeiro, diretor-executivo da Abrafad.

Um dos diferenciais do Farmácias App é que ele possui integração com o estoque das principais distribuidoras como Santa Cruz e Panpharma. “Desta forma, as pequenas farmácias ganham velocidade na reposição e não ficam sem produto disponível. Caso um cliente precise de um produto que naquele momento está em falta na unidade física, o aplicativo informa que esse item pode ser entregue em até 24h e o consumidor por fazer a compra normalmente. É como se a pequena farmácia contasse com o todo estoque da distribuidora em tempo real, ou seja, ele terá uma prateleira infinita”, explica Nilson.

Um dos efeitos colaterais da pandemia é a mudança de comportamento dos consumidores. Impedidos de sair com frequência para fazer compras, o delivery ganhou espaço e, com ele, a digitalização das vendas. Conforme Jorge Antunes, o número de pedidos cresceu 500% nos meses de quarentena e mesmo agora, com mais flexibilidade e a retomada gradual da rotina, esse índice não caiu. “Acreditamos que as pessoas incorporaram de vez o delivery em suas rotinas de compras”, encerra.

Imagem: Reprodução

Sair da versão mobile