Black Friday 2020: descontos médios são de 20%, mostra Reclame Aqui

Os consumidores que estão indo às compras nesta Black Friday se planejaram com mais antecedência e começaram a buscar produtos por volta das 18h desta quinta-feira (26), e não na madrugada desta sexta (27), como costumava ocorrer em anos anteriores. Além disso, os descontos estão, em média, na casa dos 20%. As percepções são do site Reclame Aqui, que faz a intermediação de queixas entre clientes e empresas.

O monitoramento do site mostra que a promoção está sendo menos uma oportunidade de comprar o produto dos sonhos e mais uma data para a qual as pessoas se programam para comprar produtos que precisam. Ou seja, uma data menos de uma compra por impulso e mais de uma compra que foi deslocada e deixada para esta época do ano, o que mostra um realinhamento de expectativas em relação às compras e aos descontos.

O portal está monitorando o movimento da Black Friday 2020 e o volume de reclamações desde as 12h de quarta-feira (25). Até as 6h desta sexta-feira, as reclamações registradas tiveram um crescimento de 45% em relação ao mesmo período de 2019. Foram 4.850 reclamações.

Nesta edição da super promoção, durante a madrugada foram registradas poucas reclamações, o que vem ao encontro do que os consumidores afirmaram na pesquisa de pré-Black Friday realizada pelo Reclame Aqui. Neste ano, o site lançou o Confie Aqui, uma ferramenta que ajuda o consumidor a comparar preços, fretes e reputação das lojas. E o que a plataforma tem apresentado são promoções médias de até 20% de desconto – não tão grandes, mas reais.

Imagem: Bigstock

Sair da versão mobile