Black Friday 2020: vendas nas lojas virtuais já chegaram a quase R$ 4 bilhões

As vendas da Black Friday de 2020 chegaram a quase R$ 4 bilhões, segundo levantamento da Neotrust/Compre&Confie. Os dados consideram todas das vendas de bens de consumo realizadas em todo o país. De acordo com o estudo, foram realizados mais de 5.912.108 de pedidos de compra via internet.

O levantamento aponta que o faturamento das vendas realizadas no período entre 00h01 da quinta-feira, dia 26 de novembro, até as 18h desta sexta (27) totalizou R$ 3.961.509.733. O tíquete médio foi de R$ 670,07.

O Sudeste foi a região com maior valor de compras, com R$ 2,2 bilhões, seguido pelo Nordeste, com R$ 717,1 milhões e, em terceiro lugar, pelo Sul, com R$ 568,1 milhões. Em quarto e quinto lugar estão, respectivamente, Centro-Oeste, com R$ 277,1 milhões e o Norte, com R$ 110,4 milhões.

Entre as categorias mais consumidas, estão Moda e Acessórios, Beleza, Perfumaria e Saúde, Artigos para Casa e Entretenimento, além de Eletrodomésticos e Ventilação. Os consumidores de 26 a 35 anos são os maiores compradores (34,8% do total), seguidos pelos clientes de 36 e 50 anos (33,1%). A maior parte dos pedidos é realizada por mulheres (56,4%), enquanto os homens ficam com 43,6% das compras.

Outro levantamento feito no mesmo período, mas pela empresa antifraude ClearSale, aponta que o valor de fraudes evitadas foi de R$ R$ 35.491.164 milhões.

Na análise por regiões, o Sudeste foi onde mais fraudes foram evitadas, com R$ 18.541.218 milhões, seguido pelo Nordeste, com R$ 8.710.633 milhões e Centro-Oeste, com R$ 3.549.805 milhões. Em quarto lugar ficou o Sul, com R$ 2.706.625 milhão e em último o Norte, com R$ 1.982.884 milhão.

Imagem: Envato

Sair da versão mobile