fbpx

NRF 2021: Como a tecnologia ajuda os varejistas a otimizar as cadeias de suprimentos

Os varejistas mais astutos do mundo estão usando uma combinação de análise de dados, inteligência artificial e hardware na loja para reconstruir suas cadeias de suprimentos em provedores ágeis das necessidades do consumidor quase em tempo real, criando uma vantagem chave no novo normal emergente do varejo. Foi o que disse Miya Knights, editora da revista Retail Technology, durante o primeiro dia (12/01) da NRF 2021: Retail’s Big Show.

Desde o início da pandemia que forçou os varejistas a se reinventarem como empresas que priorizam o digital, muitos têm enfrentado gargalos nas cadeias de suprimentos que desafiam sua capacidade de entregar produtos aos consumidores rapidamente. Knights disse que os varejistas responderam investindo pesadamente em tecnologia avançada de cadeia de suprimentos, que proporcionou um novo grau de agilidade.

“Estamos vendo como a análise de dados e a tecnologia preditiva baseada em inteligência artificial terão um grande papel na orquestração da cadeia de suprimentos e na otimização de upstream e downstream”, disse ela. “Faz sentido mudar para uma cadeia de abastecimento que seja melhor construída para atender à demanda real do que produzir bens na esperança de que alguém os compre”.

Melhores cadeias de suprimentos estão levando ao surgimento de uma nova categoria de varejo: C2M, ou varejo de consumidor para fabricante, em que os clientes podem solicitar produtos personalizados. Um exemplo é o novo serviço Made For You da Amazon Fashion , no qual os consumidores podem comprar roupas sob medida que eles têm participação no design.

Ao mesmo tempo, disse Knights, muitas redes de varejo estão cada vez melhores em usar as próprias lojas para fornecer assistência no atendimento de última milha. “Se COVID nos ensinou alguma coisa, é que as lojas têm um papel a desempenhar no rápido – e lucrativo – atendimento de pedidos online”, disse Knights. “Acho que ficaremos com menos lojas de impacto, mas elas podem funcionar como minicentros de distribuição como parte de um modelo hub-and-spoke realmente sofisticado.”

Imagem: reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: