fbpx

Loja virtual de produtos artesanais conta histórias de pequenas marcas nacionais

Dar visibilidade ao produtor artesanal, levando seus produtos a todas as regiões do Brasil. Foi com esse propósito que, em meio à pandemia de Covid-19, em agosto de 2020, nasceu a Nosso Gole, uma loja virtual fundada por uma dupla de amigos.

Leandro Müller Feiten, administrador que sempre trabalhou no ramo calçadista, e João Dirceu Gomes Pim, engenheiro, ambos de 25 anos, se conheceram na festa de Réveillon de 2013 em Taipei, Taiwan, quando estavam fazendo um intercâmbio cultural do Rotary Internacional.

“A amizade perdura desde então e sempre houve um interesse mútuo em trabalhar juntos. O Nosso Gole é esta amizade traduzida em um negócio com muito potencial, com as nossas características e nossos propósitos alinhados”, declara Leandro.

Enquanto faziam os planos, os dois se deram conta de que existem dezenas de produtores artesanais que não têm alcance para atingir potenciais consumidores que se interessariam por suas iguarias. “Estava bebendo um vinho produzido na região onde moro, no Vale do Paranhana, e a qualidade da bebida chamou minha atenção. Imediatamente falei com o João que nós precisávamos encontrar uma maneira que permitisse que as pessoas dos quatro cantos do Brasil tivessem acesso a isso”, conta Leandro.

João, também um apreciador de sabores locais e incentivador de pequenos negócios, logo entendeu que a ideia tinha um grande potencial. “O produtor artesanal, muitas vezes, dedica a vida à sua marca, que é o símbolo de uma história de compromisso, empenho e carinho da família. Eles sentem, com razão, muito orgulho de suas marcas e o Nosso Gole tem o prazer de transmitir essa sensação ao público.”

Investimento inicial de R$ 50 mil

A dupla acreditou na ideia e colocou o pé na estrada em busca de produtos artesanais de alta qualidade e com uma boa história para contar. O investimento inicial foi de R$ 50 mil. Os empresários têm um plano ambicioso para escalar o negócio, apesar de trabalharem com produtores que, muitas vezes, têm suas produções muito limitadas em termos de volume.

“Isso nos gera desafio e oportunidade: temos um limitador de vendas por unidade, devido à característica dos parceiros, mas ao mesmo tempo temos produtos únicos, bastante exclusivos e isso faz com que seu apelo no mercado seja diferente de um produto altamente comercial e disponibilizado em várias plataformas tanto físicas quanto online”, afirma João;

O projeto conta com quatro parceiros ativos, além de outros que devem ser lançados em breve. O objetivo é encerrar 2021 com pelo menos 20 produtores.

Imagens: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: