fbpx

Vendas do Dia das Mães devem bater recorde nos Estados Unidos

Otimismo cresce diante do aumento da vacinação contra a Covid-19

As vendas do Dia das Mães devem totalizar um recorde de US$ 28,1 bilhões neste ano nos Estados Unidos, US$ 1,4 bilhão a mais do que em 2020, de acordo com a pesquisa anual da National Retail Federation, a federação que representa o varejo no país. Espera-se que aproximadamente 83% dos adultos dos EUA celebrem a data.

“Há muito otimismo do consumidor em torno do Dia das Mães neste ano, à medida que mais pessoas estão sendo vacinadas e novos estímulos estão sendo distribuídos”, disse o presidente e CEO da NRF, Matthew Shay. “Para muitos, esta é uma chance de compensar o Dia das Mães do ano passado, quando estávamos presos. Com as diretrizes de segurança em mente, os consumidores planejam estar com a família e fazer viagens e organizam um brunch ou passeio especial. Todas essas atividades serão refletidas em suas decisões de compra.”

Neste ano, os consumidores planejam gastar, em média, US$ 220,48 em itens para o Dia das Mães. Este valor é US$ 16 mais alto do que aquele que eles planejaram gastar no ano passado e o maior da história da pesquisa. As joias respondem por mais da metade (59%) do aumento de US$ 1,4 bilhão em gastos, enquanto os eletrônicos respondem por mais de um quarto (28%).

Os consumidores de 25 a 34 anos também estão contribuindo para o aumento das vendas no Dia das Mães. Esses compradores planejam gastar US$ 367,08, em média, ou US$ 99 a mais do que no ano passado. Eles também são os mais propensos a planejar compras de itens mais caros, como joias ou eletrônicos. Além de comprar presentes para suas próprias mães, esses consumidores estão mais propensos a comprar para os cônjuges e outras pessoas, como avós ou amigos.

Metade quer passear na data

Este ano, quase metade (49%) dos consumidores disse que está planejando um passeio especial para o Dia das Mães, como um brunch ou outra atividade. Embora este índice tenha subido um pouco em relação ao ano passado, ainda está abaixo dos níveis pré-pandêmicos.

“Apesar de consumidores terem indicado um conforto crescente com atividades pré-pandêmicas, como viajar ou jantar fora, ainda há muita incerteza”, disse o vice-presidente de estratégia da Prosper, Phil Rist. “Mas, como vimos em outros eventos festivos, uma grande maioria (82%) afirma que, como resultado da pandemia, comemorar o Dia das Mães neste ano é importante para eles.”

Neste ano, mais de um terço (34%) planeja comprar presentes online, índice inferior ao de 2020. Os consumidores também planejam fazer compras em lojas de departamentos (28%), lojas especializadas como floriculturas ou joalherias (26%) e pequenas empresas (23%).

A pesquisa sobre as vendas do Dia das Mães de 2021 foi realizada com 7.818 adultos nos EUA. Ela foi feita entre os dias 1º e 9 de abril e tem uma margem de erro, para mais ou para menos  de 1,1 ponto percentual.

Imagem: Envato

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: