Zaitt chega a Brasília e planeja 35 novas franquias para este ano

Startup é uma das pioneiras no modelo de lojas autônomas na América Latina

Zaitt chega a Brasília e planeja 12 novas franquias para este ano

A Zaitt, pioneira em lojas autônomas na América Latina, acaba de inaugurar uma franquia em Brasília, no Distrito Federal. A startup já tem outras 12 unidades no modelo previstas para serem abertas pelo Brasil ainda em 2021 nas cidades de Rio Claro, Campinas e São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Recife (PE) e Maceió (AL). A meta é chegar a 35 novos pontos no País até o fim do ano.

“Estamos felizes em trazer para Brasília um modelo de negócio tão inovador, com uma experiência de compra dinâmica e descomplicada aos moradores. São mais de 500 tipos de produtos à venda em nossa loja autônoma, que funciona 24 horas por dia. Com certeza, fazemos parte do futuro do varejo” afirma Danielle Alves, franqueada Zaitt.

Lojas autônomas são estabelecimentos em que o cliente não precisa passar pelo caixa para adquirir os produtos. Toda a jornada, desde a entrada, é feita com a leitura de QR Code no aplicativo da loja e é a própria pessoa que finaliza a compra, também pelo app.

A startup opera no modelo de franquias, que teve início em dezembro de 2020, com a abertura da unidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. O faturamento por loja está em R$ 70 mil por mês na maturidade. Cada ponto tem entre 15 m² e 40 m².

“Com foco em capilaridade das lojas autônomas, vemos os franqueados como os parceiros ideais para agregarem cuidado ao negócio. A implementação completa da loja é feita junto aos empreendedores. Levamos a eles todo o auxílio necessário e expertise sobre o negócio para que possamos ter o melhor resultado final”, afirma o CEO do Grupo Zaitt, explica Rodrigo Miranda.

A Zaitt também possui três unidades próprias na capital paulista e uma em Vitória (ES). Fundada em 2016 em Vitória por quatro amigos de faculdade, foi adquirida em 2020 pela Sapore, empresa de refeições coletivas, mas tem atuação independente.

Imagens: Divulgação

Sair da versão mobile