Fundador do Alibaba, Jack Ma, se dedica a hobbies e filantropia

Executivo saiu dos holofotes no ano passado depois de pressão do governo da China

Fundador do Alibaba, Jack Ma, se dedica a hobbies e filantropia

Jack Ma "desapareceu" em outubro de 2020 e voltou a aparecer em janeiro deste ano

O fundador do Alibaba, Jack Ma, tem ficado fora dos holofotes e concentrado esforços em hobbies e filantropia, de acordo com um executivo da empresa. “Ele está se esquivando agora, eu falo com ele todos os dias”, disse Joe Tsai, vice-presidente executivo do Alibaba, em uma entrevista no programa “Squawk Box” da CNBC. “Ele está indo muito, muito bem. Ele começou a pintar como um hobby, na verdade é muito bom.”

O bilionário fundador teve um ano difícil com o governo chinês, o que o levou a ficar longe dos olhos do público. Em outubro de 2020, Ma fez comentários negativos sobre os reguladores financeiros chineses poucos dias antes da oferta pública inicial do Ant Group em Xangai e Hong Kong, que teria sido a maior do mundo. No entanto, os reguladores cancelaram o IPO dois dias antes de sua data de início.

Depois que o IPO foi suspenso, Jack Ma saiu dos holofotes, levando a rumores de que ele estava desaparecido. Uma fonte na época disse à CNBC que Ma estava apenas se escondendo, e mais tarde ele reapareceu em um vídeo para sua fundação de caridade em janeiro.

“A ideia de que Jack tem essa quantidade enorme de poder, eu acho que não está certa. Ele é como você e eu, ele é um indivíduo normal. Ele construiu uma empresa incrível, fez grandes coisas pela sociedade. Acho que hoje ele só quer dizer: ‘Ei, quero me concentrar no que realmente quero gastar meu tempo’, que são os hobbies e a filantropia.”

Em abril, Pequim multou o Alibaba em US$ 2,8 bilhões

Os reguladores chineses também abriram em dezembro do ano passado uma investigação sobre as práticas da empresa. Em abril, Pequim multou a empresa em US$ 2,8 bilhões, alegando que ela abusou de seu domínio do mercado. Tsai disse que a empresa está avançando desde a multa.

“Acho que você tem de separar o que está acontecendo com Jack e o que está acontecendo com nosso negócio. Nosso negócio está passando por algum tipo de reestruturação no lado financeiro das coisas e também na regulamentação antitruste. Tivemos que pagar uma grande multa. Mas nós deixamos isso para trás, então estamos ansiosos”, disse Tsai.

Na entrevista à CNBC de dentro do Barclays Center em Brooklyn, Nova York, Tsai também refletiu sobre o aumento nos ataques racistas contra americanos de origem asiática durante a pandemia de coronavírus.

“Há muito desse tom de sentimento anti-asiático. Quando as coisas estão bem, tudo bem. Quando as coisas vão mal para todos, é aí que surgem aquelas horríveis ‘atitudes anti-asiáticas’, disse.

Imagens: Divulgação e Bigstock

Sair da versão mobile