fbpx

Grand Cru inaugura 100ª loja enquanto vê consumo de vinho crescer 30%

Expectativa da empresa é faturar R$ 311 milhões com todos os canais de venda e relacionamento

A Grand Cru acaba de inaugurar sua 100ª loja. Ela fica em Balneário Camboriú, no Estado de Santa Catarina. O marco representa a consolidação da empresa no segmento de vinhos e está alinhado aos planos de expansão da companhia baseado em uma operação multicanal com lojas físicas, e-commerce, varejistas além de restaurantes e bares.

“Chegar a 100 lojas em um cenário desafiador como o atual reforça a sustentabilidade do negócio da Grand Cru. O consumo cresceu em média 30% em 2020 e segue o mesmo ritmo em 2021, segundo dados da Ideal Consulting. Este é o melhor momento para empreender e atuar no segmento com retorno rápido do investimento inicial”, afirma o CEO Alexandre Bratt.

A franquia de Balneário Camboriú é uma iniciativa de Caio Vinícius Behling, empresário de 26 anos que atua também na exportação de madeira e vislumbrou no investimento da franquia uma oportunidade de reunir duas paixões pessoais: gastronomia e vinhos.

“Balneário Camboriú é um ótimo mercado para o segmento, não só pelo perfil da população local, mas também por ser uma cidade turística que chega a atrair mais de 1 milhão de turistas na temporada de verão”, afirma Caio.

A nova loja, que segue modelo de franquia Light criado pela empresa para avançar pelo País,  oferece mais de 260 rótulos. Com uma operação multicanal, os clientes terão a opção do atendimento presencial ou venda assistida pelo WhatsApp.

Esta é a quinta loja da empresa em Santa Catarina. A Grand Cru espera abrir um total de 40 lojas neste ano, apenas para franqueados e todas na versão Light, com expectativa de faturar R$ 311 milhões com todos os canais de venda e relacionamento.

Rompendo fronteiras

Em abril deste ano, em entrevista ao portal Mercado&Consumo, Alexandre Bratt falou sobre a estratégia omnichannel da empresa, que inclui manter um clube de assinaturas, fazer venda pelo e-commerce, abrir lojas próprias e franquias, distribuir produtos em hotéis e restaurantes e marcar presença nas gôndolas dos supermercados.

A empresa está surfando na onda que favorece o setor em meio à pandemia de Covid-19. Apesar de a quarentena ter restringido o consumo de vinho em bares e restaurantes, o produto passou a ser mais consumido dentro de casa. A comercialização de vinhos cresceu 31% em 2020 na comparação com 2019. O consumo per capita passou de 2,13 para 2,78 litros, segundo dados da Ideal Consulting.

O fortalecimento no mercado off trade não fazia parte da estratégia da empresa, mas tudo mudou em 2020. “Rompemos essa fronteira e passamos a entrar de forma massiva nos supermercados. Nosso desafio, nesses canais, é fazer uma boa gestão de preço. Ser multicanal é benéfico e permite que sejamos mais eficientes”, afirmou Bratt.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: