Abilio Diniz participa do segundo dia da Campus Party Digital Edition

Executivo fala sobre liderança e gestão com Marcos Gouvêa de Souza

Abilio Diniz

A trajetória de Abilio Diniz, um dos maiores empresários do País, é um dos destaques desta sexta-feira (23) da Campus Party Digital Edition. O maior festival de tecnologia do mundo, 100% online e gratuito, teve início na quinta e termina no sábado. A Mercado&Consumo é parceira oficial da Campus Party e faz uma cobertura especial e em tempo real do evento, com retransmissões de alguns dos painéis no portal.

Abilio vai se apresentar no palco “Reboot the World”, a partir das 16h30, conversando com Marcos Gouvêa de Souza, um dos maiores especialistas em consumo e varejo do Brasil, publisher da Mercado&Consumo e fundador da Gouvêa Ecosystem, parceira da Campus Party no Brasil. Ambos vão falar sobre liderança e gestão.

Ainda nesta sexta, a CEO e fundadora da Benkyou, Eva Lazarin, vai fazer a palestra “Gamificação” no palco “New Horizons by Petrobras” às 13h. A executiva vai falar sobre como a gamificação e os dados produzidos por ela podem transcender a diversão.

A partir das 19h, no palco “Work Life”, o sócio-diretor da Gouvêa Malls, Luiz Alberto Marinho, falará sobre “As novas fronteiras do varejo”. Na palestra, o consultor vai falar das oportunidades proporcionadas pelo metaverso, universo em que o ambiente físico e o virtual convergem, o que impacta diretamente a forma de comprar e de vender. O painel terá transmissão simultânea no portal Mercado&Consumo.

O governador de São Paulo, João Doria, participou da abertura da Campus Party

Programação da Campus Party

O evento teve início nesta quinta com apresentação de números de mágica interativos com a participação dos “campuseires” sob o comando dos ilusionistas Henry e Klauss. “A Campus Party voltará a ter eventos físicos em breve. Mas, primeiro, precisamos repensar como esse processo será feito, planejando, trabalhando de forma árdua e respeitando todas as determinações da ciência” afirmou o CEO Tonico Novaes.

O governador de São Paulo, João Doria, participou da abertura e destacou que a Campus Party será um dos eventos-testes programados para medir, em situações controladas, as melhores formas de permitir a retomada de atividades que dependam da presença física dos participantes.

“A Campus Party é um evento fabuloso, mobilizador da juventude em torno da tecnologia e da ciência, ainda mais agora, que o mundo digital veio para ficar. A Campus Party do mês de novembro será também um evento classificado como teste entre os 30 aprovados pelo governo de São Paulo. Queremos que ele aconteça dentro dos protocolos médicos e sanitários (uso de máscaras, álcool em gel e aferição de temperatura) para fazermos tudo com muita tranquilidade e a certeza da preservação de todos os envolvidos”, disse.

E complementou: “Continuem contando com o nosso apoio e, mais do que isso, nossa admiração pelo trabalho que você (Tonico) realiza ao lado do Marcos Gouvêa de Souza e dos seus colaboradores para realizar um evento que hoje tem repercussão mundial. Um orgulho para São Paulo sediar mais uma Campus Party.”

No ano passado, a Campus Party Digital reuniu 1.421.401 pessoas nos eventos online e contou com a participação de 2.613 palestrantes de 120 nacionalidades. O festival teve a adesão de 31 países e apoio de 385 parceiros entre instituições, empresas, mídias, universidades e comunidades.

Imagens: Reprodução

Sair da versão mobile