fbpx

Os desafios da Riachuelo na transformação digital iniciada em 2018

Carlos Alves, diretor-executivo de Inovação e TI da empresa, falou sobre o assunto à Mercado&Consumo

O processo de transformação digital da Riachuelo teve início no ano de 2018. Durante todo esse período, manter a segurança das operações tem sido tão importante quando fazer a transformação digital do negócio, diz o diretor-executivo de Inovação e TI da Riachuelo, Carlos Alves, à Mercado&Consumo.

Segundo ele, ter uma estrutura já em desenvolvimento foi fundamental para ajudar a empresa a driblar os desafios dos últimos anos. Confira, a seguir, a entrevista com o executivo.

Mercado&Consumo: A digitalização deixou de ser uma inovação para se tornar uma necessidade. Mas a segurança também não deve ser deixada de lado pelo varejista. Como a Riachuelo intensificou a transformação digital e, ao mesmo tempo, manteve a segurança das operações?

Carlos Alves: Esse foi um dos principais desafios que tivemos em todo processo de transformação digital que já fazia parte da companhia desde 2018. Temos uma equipe de mais de 43 colaboradores que cuidam dessa área de proteção e cuidado com os dados. Ter essa estrutura já em desenvolvimento foi fundamental para nos ajudar a driblar os desafios dos últimos anos. E a adaptação para manter a segurança das operações só foi possível por conta da nossa equipe de segurança focada em garantir dados e históricos protegidos, por exemplo. Essa é uma pauta diária e, sem dúvidas, seguiremos atuando de forma diligente e com apoio de tecnologias e padrões rígidos de segurança.

M&C: Como a Riachuelo está se preparando para a Black Friday de 2021, vista com tanta expectativa – e ao mesmo tempo com tanta desconfiança – pelo consumidor? O que a empresa está fazendo para prever ataques no período?

CA: A Black Friday é uma data importante para o calendário do varejo. Estamos nos preparando para este momento com foco em atender as necessidades dos nossos clientes e apresentar soluções fáceis e acessíveis. Somos uma marca que há 70 anos mantém o cliente no centro do negócio e temos a confiança do público da Riachuelo. Nosso foco segue sendo proporcionar uma experiência de compra ágil e segura tanto no online quanto no físico.

Sobre a prevenção a ataques cibernéticos, nossa equipe de segurança trabalha intensamente para garantir o funcionamento integral de nossas plataformas prezando pela funcionalidade do canal, pelos dados e históricos, para que estejamos sempre protegidos.

Mercado&Consumo: Que desafios a LGPD – agora funcionando na sua plenitude, com aplicação de multas a quem descumprir as regras – impôs ao negócio?

CA: Implantamos desde o início de vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), um Portal de Privacidade para gerar transparência no atendimento dos nossos clientes no que tange ao exercício de todos os direitos previstos na legislação. O desafio foi customizar e alterar softwares licenciados de terceiros. Para sermos mais assertivos em toda a comunicação, desenvolvemos um extenso programa de adequação à LGPD, promovendo treinamentos para reforçar as regras de tratamento de dados, abrangendo os colaboradores de todas as unidades de negócios.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: