fbpx

Arnault decide vender fatia no Carrefour e ação da empresa despenca em Paris

Venda da fatia faz parte de um processo de saída do Carrefour iniciada em setembro de 2020

As ações do Carrefour operam em forte baixa na Bolsa de Paris na manhã desta quarta-feira, dia 1º, após o investidor Bernard Arnault revelar que está vendendo sua fatia no grupo varejista francês.

Por volta das 7h30 (de Brasília), o papel do Carrefour sofria um tombo de 4,2% na bolsa francesa, depois de abrir os negócios com queda de mais de 5%. Na terça-feira, 31, o Carrefour informou que o grupo Agache havia decidido vender a participação que ainda possui na empresa.

A Agache é a holding company de Arnault, fundador e diretor-executivo da LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton SE, o conglomerado francês de artigos de luxo.

A venda da fatia faz parte de um processo de saída do Carrefour iniciada em setembro de 2020, segundo a varejista, mas repercutiu mal entre analistas. Para Clement Genelot, analista da Bryan Garnier, a decisão representa um sinal negativo por parte de Arnault, que venderá sua fatia a 16 euros por ação, o que significa que terá um grande prejuízo com a operação.

Arnault começou a investir no Carrefour em 2007 e ampliou sua participação gradualmente, comprando a maioria das ações por mais de 40 euros, cada..

O gesto é surpreendente, diz Genelot, visto que o Carrefour está realinhando sua estratégia geográfica e deverá vender ativos em Taiwan e no Leste Europeu para se concentrar em seus mercados principais, na Europa Ocidental e no Brasil.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: Reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: