Sociedade 5.0, o passaporte para o futuro da América Latina

Nesta semana participamos do painel de abertura do Latam Retail Show, o maior evento de consumo e varejo da América Latina, e apresentamos a pesquisa realizada pelo time Mosaiclab sobre visão presente e futuro desse tema tão poderoso que é a Sociedade 5.0.

Nesse estudo, vimos que os brasileiros, assim como os latino-americanos, ainda se consideram longe de ser uma Sociedade 5.0, que usa a tecnologia para melhorar a performance de serviços e qualidade de vida da sociedade.

Apesar de se considerarem distantes, é um desejo latente. A sociedade quer se desenvolver, mas ainda tem uma visão míope sobre a importância da implementação da tecnologia nos países.

Hoje os brasileiros, por exemplo, avaliam que nossos pontos fortes como país são relacionados a cultura, turismo, gastronomia e agricultura. Por outro lado, para desenvolver, avaliamos pontos básicos estruturais relacionados a segurança, qualidade de saúde, educacional, desenvolvimento social e boas práticas de governo.

Tecnologia de ponta, agilidade, dinamismo, capacidade de inovar, abertura para negócios, mobilidade urbana e comercial, infraestrutura (estradas, ferrovias e portos) não estão no radar de desenvolvimento da sociedade brasileira e são pontos essenciais para alcançarmos um futuro melhor em competitividade e dinamismo econômico.

É preciso fomentar esses pontos, mas para isso temos muitas barreiras a serem suplantadas, principalmente o desiquilíbrio na distribuição de renda e no acesso a educação, empregos de qualidade, possibilidade da sociedade de se desenvolver economicamente pelo trabalho, acesso a crédito e educação.

Nesse contexto, a população espera das empresas um protagonismo no desenvolvimento social. É a visão do capitalismo sustentável. Atualmente, consideram que as empresas já fazem mais mudanças positivas para a sociedade do que o próprio governo. Desejam que essa liderança seja ainda maior no futuro.

No Japão, a Keidanren (Federação das Organizações econômicas do Japão), que reúne as principais empresas e entidades comerciais do país, tiveram um papel fundamental no desenvolvimento dessa visão e planejamento de Sociedade 5.0. O mesmo movimento seria um dos melhores passaportes para o desenvolvimento no Brasil.

Nota: Os dados tiveram como base o estudo “Tomorrow’s Consumer: Sociedade 5.0” desenvolvido pela Mosaiclab com campo em parceria com a Offerwise em 14 países na América Latina, com 4.930 participantes, representativo das populações dos países e apresentado na abertura do Latam Retail Show 2021. Para mais informações sobre o estudo, entre em contato conosco via info@mosaiclab.com.br.

Karen Cavalcanti é sócia-diretora da Mosaiclab, área de inteligência de mercado da Gouvêa Ecosystem.
Imagem: Envato

Sair da versão mobile