Correios ampliam transporte de encomendas por serviço aéreo

Objetivo é aprimorar a experiência dos clientes nos serviços expressos de encomendas

Correios ampliam transporte de encomendas por serviço aéreo

Movimento no Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios, em Benfica

Para aprimorar a experiência dos clientes nos serviços expressos de encomendas, os Correios ampliaram o rol de prestadores de serviços no transporte aéreo. A partir deste mês, o transporte aéreo de carga, que agora passam a ocorrer, também em porões de aeronaves de voos comerciais. Com isso, a capacidade atual da empresa nesse modal aumenta em pelo menos 50%, nos próximos 12 meses.

Essa é a primeira de uma série de novas contratações que irão ampliar a lista de prestadores de serviço e aumentar a capacidade da empresa. A contratação ocorreu via e-Certame, sistema lançado pela própria estatal em maio desse ano e que possibilita cadastro e qualificação prévia de transportadoras de carga. O cadastro na plataforma permite que as empresas concorram às demandas publicada pelos Correios. Essa foi a primeira disputa tramitada pela plataforma.

A nova contratação também impacta os clientes, que passarão a ter uma maior disponibilidade de recursos logísticos na modalidade aérea. A estatal também afirmou que espera otimizar os prazos de entrega e oferecer serviços expressos em outras praças.

Outra consequência direta é a expansão da área de cobertura e da oferta de portfólio em regiões mais limitadas. As operações desse novo serviço começam em apenas um trecho na região Norte do Brasil. No primeiro momento, apenas o trajeto Belém (PA), Macapá (AP) e Belém (PA) será realizado. Os próximos passos de integração da operação no restante do território nacional ainda não foram divulgados.

Imagem: Fernando Grazão/Agência Brasil

Sair da versão mobile