fbpx

Espetinhos Mimi cria novo modelo de franquia com box modulares

Com formato modular e preço mais acessível, empresa esperar inaugurar 30 unidades em 12 meses

A Espetinhos Mimi está retomando sua expansão por franquias e, para isso, desenvolveu um novo modelo de loja. O novo formato, a partir de 7 m² em um box modular replicável, é o que se chama “chave na mão”. Tem investimento inicial a partir de R$ 185 mil e entrega em até 90 dias. A meta da Espetinhos Mimi é inaugurar 30 operações modulares box em 12 meses. O foco da expansão, por enquanto, é a capital paulista e a Grande São Paulo.

Para abastecer as lojas, a Espetinhos Mimi desenvolveu um outro modelo de negócio chamado Dark Store. Fausto Borba, executivo à frente da empresa, explica que a Dark Store terá sob sua gestão 220 lojas box modular e dará todo o suporte operacional e logístico para o franqueado. “Nesse modelo, o abastecimento é constante e o relacionamento com o franqueado se mantém próximo, para ver as dores do franqueado diariamente, para não acumular. É assim que a gente pode fazer a diferença na vida do empreendedor”, afirma.

A Espetinhos Mimi busca dois perfis de investidores. Um deles é o franqueado interessado em adquirir uma loja ou box. Nesse caso, é importante que o empreendedor atue na operação e esteja no dia a dia. O outro perfil é o máster franqueado ou desenvolvedor de área, que com um investimento maior e uma ampla capacidade administrativa adquire uma Dark Store e a possibilidade de operar algumas lojas contêiner na mesma região ou de oferecê-las a outros franqueados. O investimento inicial na Dark Store é analisado caso a caso.

50 anos de história

Com DNA industrial, no começo de sua trajetória, a Espetinhos Mimi reinventou o jeito de fazer churrasco para facilitar a logística dos eventos – seja uma pequena festa familiar, seja a confraternização de uma empresa para centenas de funcionários.

Com o passar do tempo, além de fabricar os espetinhos e fornecê-los para eventos, a Espetinhos Mimi passou a produzir também para o segmento de marca própria, e hoje é responsável pelos espetinhos de grandes redes varejistas.

Depois, em 1988, veio a presença no varejo, com lojas próprias e franqueadas. Hoje, a Espetinhos Mimi tem 15 pontos de venda, sendo dois próprios, um em Campinas, no interior de São Paulo, e outro em Osasco, no entorno da capital. A fábrica, uma planta industrial de 1.200 m², está localizada em Indaiatuba, também no Estado paulista.

O mais novo passo da marca, além dos novos modelos de franquia, é a construção de seu e-commerce. A nova loja virtual conta com uma plataforma desenvolvida pela Vtex, que está por trás de mais de 2,5 mil sites de comércio eletrônico, e inclui a rede de franquias na operação.

“Somos uma empresa com décadas de mercado e já passamos por muitos planos econômicos e crises. As situações adversas fizeram da Mimi uma marca consolidada e experimentada”, comenta Fausto. “Mas esta pandemia foi um dos piores cenários para o nosso negócio, porque mexeu no segmento de festas e eventos, que sempre foi de grande relevância para a marca. Ao mesmo tempo, fortaleceu o varejo, porque o cliente continuou comprando nas redes de supermercado, onde também estamos presentes com as marcas próprias. E, além disso, aprendemos a trabalhar com o e-commerce.”

A Mimi investiu cerca de R$ 500 mil no e-commerce no último ano e se aproximou do iFood em uma parceria inédita para alavancar as vendas de suas lojas próprias e franqueadas.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: