fbpx

Máscara deve deixar de ser obrigatória no Rio de Janeiro na semana que vem

Até lá, município já terá atingido a marca de 65% da população vacinada contra a covid-19

Os moradores da cidade do Rio de Janeiro poderão ficar desobrigados de usar máscara de proteção contra a covid-19 a partir da terça-feira da semana que vem, dia 26 de outubro. A afirmação foi feita pelo secretário municipal de Saúde da cidade, Daniel Soranz, em entrevistas às redes de TV CNN e Globo.

Pelas estimativas do secretário, nesta data o município já terá atingido a marca de 65% da população vacinada contra a covid-19, condição para a flexibilização.

Segundo dados da Prefeitura do Rio de Janeiro, até a última quinta-feira (14), 5.659.162 pessoas haviam tomado a primeira dose (D1) das vacinas contra a covid-19. Com o esquema vacinal completo (duas doses ou dose única), já são 4.048.689 pessoas, o que representa uma cobertura de 60% da população total e de 76% da população adulta (a partir de 18 anos).

As doses de reforço (DR) em idosos e pessoas com alto grau de imunossupressão somam 462.734 aplicações até agora. No total, mais de 10,1 milhões de doses de vacina contra covid-19 já foram aplicadas no Município do Rio.

Eventos-teste

Entre os 26 eventos-teste já autorizados pelo Instituto Municipal de Vigilância Sanitária (Ivisa), nove já completaram (ou estão prestes a completar) o prazo de 14 dias para monitoramento do público presente, sendo seis jogos de futebol e três festas particulares. Para acessar os eventos, as pessoas precisavam estar comprovadamente testadas e vacinadas.

As partidas de futebol registraram taxas de incidência de menor do que o Município do Rio: em duas delas (Vasco x Goiás, e Botafogo x Avaí) esse índice foi três vezes menor; em um (Botafogo x Sampaio Corrêia), cinco vezes menor; em duas (Flamengo em jogos contra Grêmio e Barcelona de Guayaquil), seis vezes menor. Já o jogo entre Vasco e Cruzeiro atingiu uma taxa de incidência 106 vezes abaixo do que a registrada na cidade naquela data. Quanto às festas particulares – dois aniversários e um casamento -, esse indicador ficou entre 1,6 e 2 vezes menor do que no Município.

Depois de cada um dos nove eventos, coube à Vigilância em Saúde acompanhar o público presente quanto à notificação de sintomas gripais pelos 14 dias seguintes. Entre as 42.619 pessoas totais, foram monitorados 54 casos suspeitos de covid-19 e 11 confirmados. Todos tinham pelo menos uma dose do esquema vacinal e apresentaram apenas sintomas leves.

Desde a última quinta-feira (14), tornou-se dispensável a apresentação de resultado negativo de teste de antígeno de covid-19 para acessar eventos-teste. A partir de agora, somente pessoas com esquema vacinal incompleto precisam apresentar o teste negativo nas 48 horas anteriores ao evento.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: