fbpx

Produção de veículos cai 24,8%, no pior outubro em cinco anos, revela Anfavea

A atividade segue comprometida na indústria de veículos pela falta de peças

A falta de componentes eletrônicos nas linhas de montagem se traduziu no mês passado no pior outubro na produção de veículos em cinco anos. No total, 177,9 mil unidades foram montadas, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira, 8, pela Anfavea, entidade que representa as montadoras. Desde outubro de 2016, quando foram fabricados 177,6 mil veículos, não se via volume tão baixo para o mês.

Na comparação com o mesmo mês de 2020, a queda foi de 24,8%. Embora o resultado tenha sido 2,6% superior ao de setembro, a atividade segue comprometida na indústria de veículos pela falta de peças, tendo como maior gargalo a insuficiência de componentes eletrônicos, um problema global.

No acumulado desde janeiro, a diferença em relação a 2020 é positiva, com alta de 16,7%, num total de 1,83 milhão de veículos produzidos. Porém, a própria Anfavea não descarta a possibilidade de esse crescimento cair para a casa de um dígito no resultado final deste ano.

Com a falta de carros nas concessionárias, as vendas de veículos recuaram 24,5% em relação a outubro do ano passado, para 162,3 mil unidades – também o menor resultado para o mês em cinco anos. Frente a setembro, as vendas subiram 4,7%, mas a base de comparação aqui é fraca, já que o mês anterior a outubro é o pior do ano até agora.

De janeiro a outubro, as vendas de veículos somaram 1,74 milhão de unidades, alta de 9,5% no comparativo interanual porque o choque da chegada da pandemia entre os meses de abril e junho do ano passado foi pesado. Ainda assim, a Anfavea adianta que essa diferença também deve ser reduzida até dezembro, com chance de o ano fechar no vermelho.

Do lado das exportações, que somaram 29,8 mil veículos no mês passado, o balanço das montadoras mostra queda de 14,6% frente a outubro do ano passado. Contra setembro, houve alta de 26,1% nos embarques, e no ano o total exportado chega a 306,8 mil, 26,8% acima dos dez primeiros meses de 2020.

Para completar, a Anfavea informa que a indústria de veículos fechou 410 vagas de trabalho em outubro, empregando no fim do mês 102,6 mil pessoas.

Como acontece desde o início do ano, a associação segue sem divulgar os resultados dos fabricantes de tratores agrícolas e máquinas de construção, também sócios da Anfavea. Em razão do desligamento da John Deere da entidade, toda a série estatística do setor passa por revisão.

Com informações de Estadão Conteúdo: (Eduardo Laguna)

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: