Petrobras seleciona startups inovadoras baseada no novo Marco Legal

O programa tem como foco inovações para o setor de óleo, gás e energia

A Petrobras divulgou a lista das empresas vencedoras da primeira seleção de soluções inovadoras baseada no novo Marco Legal das Startups (MSL). Elas poderão receber até R$ 1,6 milhão por proposta, a depender do desafio, para desenvolvimento e testes das soluções em ambientes produtivos, totalizando até R$ 12,9 milhões em investimentos.

Segundo a estatal, é o maior valor por proposta já utilizado pela companhia, alcançando o limite estabelecido pelo novo ambiente regulatório criado pela lei complementar 182/21, que entrou em vigor este ano. As startups selecionadas apresentaram propostas nas áreas de robótica e tecnologias digitais aplicadas a óleo e gás, soluções corporativas, saúde e segurança.

Segundo a empresa, a seleção faz parte do Módulo Teste de Soluções do programa Petrobras Conexões para Inovação, que tem como foco acelerar a implantação de inovações, com ou sem risco tecnológico, que tenham alto potencial de geração de valor para o setor de óleo, gás e energia.

O módulo busca soluções inovadoras de startups e demais empresas para realização de testes em ambiente produtivo. Os CPSIs assinados terão vigência de até 12 meses, prorrogável por outros 12 meses para validação das soluções tecnológicas.

Além disso, o marco permite que, após o contrato de inovação, a solução com melhor desempenho, e que demonstrou agregar valor para o negócio da Petrobras, seja contratada por um período de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos, para fornecimento em escala. Essas duas fases em conjunto agilizarão a implantação das soluções na companhia e a consolidação desses fornecedores no mercado.

As cinco empresas que tiveram propostas selecionadas para os desafios Fast Track, com foco em soluções inovadoras já aplicadas no mercado ou em validação, vão agora para a fase de negociação e celebração do Contrato Público para Solução Inovadora (CPSI), prevista para janeiro de 2022.

As 21 empresas com propostas selecionadas na rota Inception, que, de um modo geral, envolvem inovações com maior complexidade para implantação ou menor grau de maturidade tecnológica, passarão por um período de até 6 semanas de interação técnica com mentores da Petrobras que darão suporte para detalhamento do plano de trabalho e amadurecimento do modelo de negócios a ser executado. Ao final deste período, será realizado um pitch day em que as propostas serão avaliadas por uma banca final que selecionará as empresas que serão contratadas.

“A pesquisa, o desenvolvimento e inovação ampliam a criação de valor associado a novos modelos de negócios e a Petrobras direciona esforços para a adoção de metodologias e mindset que suportem uma cultura de inovação digital voltada para a geração de resultado e para repensar processos. A realização de parcerias e a aproximação com o ecossistema de inovação aberta integram esse movimento”, afirma o diretor de Transformação Digital e Inovação da companhia, Nicolás Simone, em nota à imprensa.

Este ano, a Petrobras lançou outros quatro editais dentro do Programa Petrobras Conexões para Inovação. “A companhia é uma das principais investidoras em inovação aberta do País, com mais de R$ 35 milhões em investimento no ano de 2021”, afirma.

Com informações de Estadão Conteúdo: (Beth Moreira)

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: