Meta lucra menos que o esperado no 4º trimestre e ações despencam 22%

Este é o primeiro resultado trimestral com o novo nome

Meta lucra menos que o esperado no 4º trimestre e ações despencam 22%

A Meta Platforms, antigo Facebook, informou lucro líquido de US$ 10,285 bilhões no quarto trimestre de 2021, um recuo de 8% em comparação a igual período do ano anterior. O resultado diluído por ação foi de US$ 3,67, aquém da expectativa de US$ 3,85 de analistas consultados pelo FactSet.

Com o anúncio do resultado, a ação da companhia despecou 22,26%, na tarde de ontem, no mercado after hours em Nova York.

A receita, por sua vez, foi de US$ 33,671 bilhões, um avanço de 20% em comparação ao último trimestre de 2020.

Em nota aos investidores, o CEO e fundador Mark Zuckerberg caracterizou o trimestre como “sólido” e destacou o “importante crescimento” em áreas como Reels, comércio e realidade virtual.

“Continuaremos a investir nestas e outras prioridades ao longo de 2022, à medida que trabalhamos para criar o metaverso”, escreveu.

Para o primeiro trimestre deste ano, a expectativa da Meta é que a receita esteja na faixa entre US$ 27 bilhões e 29 bilhões, o que representaria um crescimento entre 3% e 11% na base anual.

As despesas totais devem ficar na faixa de US$ 90 a 95 bilhões,  impulsionadas por investimentos em talentos técnicos e de produtos e custos relacionados à infraestrutura.

“Esperamos que os gastos de capital de 2022, incluindo os principais pagamentos em arrendamentos financeiros, estejam na faixa de US$ 29 a 34 bilhões, inalterados em relação à nossa estimativa anterior”, informou a Meta em comunicado.

Com informações de Estadão Conteúdo (Ilana Cardial)

Imagem: Michael Vi / Shutterstock.com

[the_ad_group id="11875"]
Sair da versão mobile