Lucro da Minerva Foods cresce 31,7% e fecha em R$ 150,3 milhões no 4º trimestre

Exportações continuam correspondendo a mais da metade da receita obtida pela Minerva no período

A Minerva Foods informou ter registrado lucro líquido de R$ 150,3 milhões no quarto trimestre de 2021. O valor representa alta de 31,7% ante o lucro de R$ 114,1 milhões reportado em igual período de 2020. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou R$ 735,3 milhões, alta de 19,2% sobre os R$ 616,9 milhões verificados no mesmo intervalo do ano anterior.

Segundo a companhia, trata-se do maior Ebitda trimestral já registrado pela Minerva. A margem Ebitda foi de 9,8%, ante 10,8% no quarto trimestre de 2020.

A receita líquida obtida entre outubro e dezembro somou R$ 7,505 bilhões, alta de 31,6% sobre os R$ 5,703 bilhões obtidos nos três meses do ano anterior. A receita bruta atingiu R$ 7,979 bilhões, alta de 31,8% na comparação interanual.

As exportações continuam correspondendo a mais da metade da receita obtida pela Minerva no período: cerca de 68% do acumulado, ou R$ 5,125 milhões, enquanto o mercado interno foi responsável por 32% do total, ou R$ 2,854 milhões.

Segundo a companhia, o resultado das exportações em 2021 consolida a Minerva como líder na exportação de carne bovina na América do Sul com aproximadamente 23% de market share.

O presidente da companhia, Fernando Galletti de Queiroz, observou que o ano de 2021 foi marcado por um cenário de extrema volatilidade e restrições logísticas nas cadeias globais. “Neste sentido, o modelo de diversificação geográfica da companhia foi fundamental”, disse.

O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda) se manteve estável em 2,4 vezes, assim como no mesmo período do ano anterior. Ainda segundo a empresa, o fluxo de caixa livre após Despesas Financeiras, Capex e Capital de Giro foi positivo pelo 16º trimestre consecutivo, alcançando R$ 110,1 milhões, e R$ 213,1 milhões após o efeito caixa do hedge cambial. No ano, o fluxo de caixa livre foi de R$ 1 bilhão, perfazendo um free cash flow yield de mais de 15,8%.

A empresa também informou que o pagamento de dividendos será correspondente a cerca de 67% do lucro líquido de R$ 400 milhões acumulado no ano. Conforme a política de distribuição de dividendos, a Minerva se compromete a pagar 50% do lucro líquido, se o índice de alavancagem for menor ou igual a de 2,5 vezes.

Retração na Divisão Brasil

Nesse sentido, no quarto trimestre de 2021, os abates da Minerva subiram 3,8%, para 890,9 mil cabeças. Nos países da América do Sul que fazem parte da subsidiária Athena Foods, o volume abatido também subiu 7,2% no período, somando 507,4 mil cabeças.

O aumento registrado na Athena compensou parcialmente a retração da Divisão Brasil, com os abates totais da empresa tendo caído 0,3% na mesma base comparativa, e chegando a 383,6 mil cabeças.

A Minerva também informou que o volume de vendas diminuiu 4,1% no quarto trimestre do ano passado, passando de 300,3 mil toneladas para 288 mil toneladas.

Do total, 129,2 mil toneladas foram vendidas no Brasil, 10,4% a menos do que em igual intervalo de 2020. Já a Athena foi responsável pela venda de 158,8 mil toneladas, alta de 1,6% na mesma base comparativa.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: