Três em cada quatro brasileiros são gamers e smartphone é a plataforma preferida para jogar

Segundo a 9ª edição da Pesquisa Game Brasil, as mulheres seguem maioria entre os adeptos desse tipo de entretenimento

Três em cada quatro brasileiros são adeptos de jogos eletrônicos. Segundo a 9ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), para 76,5% dos gamers os jogos eletrônicos são sua principal forma de entretenimento.

Assim como em edições anteriores, neste ano as mulheres seguem maioria entre os adeptos desse tipo de entretenimento, representando 51%.

A PGB é desenvolvida pelo Sioux Group e Go Gamers em parceria com Blend New Research e ESPM. Foram ouvidas mais de 13 mil pessoas, em 26 Estados e no Distrito Federal, entre os dias 11 de fevereiro e 7 de março.

“Os jogos eletrônicos se solidificam cada vez mais em sua significativa importância na vida dos brasileiros, independentemente de sexo, idade ou até mesmo classe social, como uma das plataformas de entretenimento mais relevantes”, diz Guilherme Camargo, sócio do Sioux Group e professor na pós-graduação da ESPM.

Todas as idades

Em relação à etnia dos jogadores, a pesquisa mostra que a maior parcela do público gamer se identifica como parda ou preta (49,4%, na soma), seguida por pessoas que se declaram brancas (46,6%). Já sobre a idade dos jogadores, pessoas de 20 a 24 anos são a maioria entre este público no Brasil, com 25,5%. Na sequência estão adolescentes de 16 a 19 anos (17,7%) e pessoas de 25 a 29 anos (13,6%).

“Ainda assim, o que o levantamento nos diz é que não existe idade para jogar jogos eletrônicos, uma vez que a diferença percentual entre as mais variadas faixas de idades é equilibrada. Pessoas entre 30 e 34 anos, por exemplo, representam 12,9% dos jogadores no Brasil, e quem tem de 35 a 39 anos representa 11,2% do público”, pondera Carlos Silva, sócio da GoGamers.

No recorte por classe social, 62,7% dos jogadores são de classe média (B2, C1 e C2). Pessoas de classe média alta (B1) representam 12,3% do público, conta 13,5% da classe A. Classes D e E agrupam 11,6% dos gamers brasileiros. Quase 30% dos jogadores no Brasil possui renda familiar  entre R$ 2.090,01 e R$ 4.180, e 27,5% têm renda familiar de até R$ 2.090 (27,5%). O público com renda familiar entre R$ 4.180,01 e R$ 10.450 corresponde a 26,7% do público gamer brasileiro.

Plataformas favoritas

“Computadores e consoles para jogar apresentam custos elevados para os padrões da maioria dos brasileiros. No entanto, os smartphones democratizam este hábito, uma vez que existem em maior quantidade do que a própria população do Brasil. Outro aspecto é que o brasileiro sempre encontra uma forma de driblar os altos preços, seja estendendo a vida útil das gerações antigas de consoles ou se dedicando a poucos jogos”, comenta Silva.

O smartphone, que já aparecia como a plataforma favorita dos jogadores brasileiros, se consolidou ainda mais, com 48,3% da preferência do público. Computadores aparecem no 2º lugar, com 23,3% (na soma entre desktops e notebooks), e os consoles domésticos ficam em 3º, com 20%.

Os celulares também despontam como os dispositivos nos quais os jogadores mais jogam. É neles que a maioria do público joga todos os dias (33,2%). Nos computadores, quem joga diariamente representa 15,3% dos jogadores do país, e nos consoles, 11,8%.

Independentemente da plataforma, os adeptos de games no Brasil gostam de jogar online. Quase 37% do público gamer joga diariamente conectado e 28,7% joga online entre três e seis dias da semana.

Ainda segundo a pesquisa, 72,2% dos gamers brasileiros jogaram mais durante a pandemia, e 57,9% marcaram mais sessões de partidas online. “Isto reforça a ideia de que o período de isolamento social fortaleceu a relação dos brasileiros com jogos eletrônicos, especialmente através do consumo de conteúdo midiático de games em vídeos, streams e redes sociais”, diz Mauro Berimbau, da Go Gamers e professor da ESPM.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: