fbpx

Tempo, qualidade e segurança são as palavras de ordem do McDonald’s, afirma vice-presidente da rede no Brasil

Diante da pandemia de coronavírus, o McDonald’s foi a primeira empresa de alimentação a fechar as portas de seus estabelecimentos no Brasil antes mesmo da determinação oficial do Mistério da Saúde, tudo para garantir a proteção de seus clientes e funcionários contra a rápida contaminação pelo novo vírus. Desde então os pedidos passaram a ser feitos no drive-thru ou por delivery. Seu vice-presidente no Brasil Dorival Oliveira, participou nesta manhã (3) de webinar promovido pela Mercado & Consumo, que trouxe como temas centros comerciais por proximidade.

Entre as palavras de ordem do McDonald’s estão tempo, qualidade e segurança. Segundo Oliveira, o drive-thru sempre foi uma fortaleza do sistema McDonald’s. “Somos reconhecidos pelo nosso trabalho e eficiência no drive-thru. Para darmos prosseguimento a tudo que já vínhamos fazendo antes da crise, reforçamos a segurança do atendimento aos clientes, assim como de todos os colaboradores, e permanecemos trabalhando para continuar garantindo ainda mais segurança para o futuro”, explicou.

Sobre a importância dos centros de vizinhança, Dorival explicou que a rede possui duas premissas básicas no “mundo McDonald’s” para a instalação de novos restaurantes: conveniência e experiência. Ele contou que é primordial que as lojas estejam perto de tudo e que exista facilidade de encontra-las. “Tem que ser fácil para chegar, estacionamento amplo e limpo, ambiente aconchegante e refeição de qualidade. Se não tiver esses pontos a abertura de algum restaurante em determinado lugar não é concluída”, e completou, “quando você tem locais com a possibilidade em ofertar conveniência e experiência ao cliente com segurança, não tem como não estar presente”.

Novidades que já estão sendo implementadas em outros países, como tecnologia para os meios de pagamento e pedidos fora do restaurante são estratégias que já estão sendo trabalhadas pela rede no Brasil. Durante sua participação, o executivo afirmou ainda que a rede está preparando uma grande novidade relacionada ao delivery. Sem poder revelar destalhes, ele disse apenas que “o delivery está aumentando, aguardem”.

Questionado se o fechamento dos salões não vai interferir no tamanho dos restaurantes no futuro, Dorival Oliveira foi seguro em dizer que isso não vai acontecer, uma vez que as pessoas querem se relacionar. “Os salões e o ambiente de negócios vão continuar. O que precisamos fazer é continuar entendo aquilo que o cliente tem de necessidade e prazer para que nos possamos proporcionar isso a eles”, reforçou.

Este webinar contou com o patrocínio da ACI Worldwide, líder global na indústria de pagamentos, e que está à altura do desafio de capacitar a transformação digital de pagamentos no Brasil, especialmente agora diante da pandemia de COVID-19, que está impulsionando a transformação do cenário de pagamentos no Brasil.

* Imagem reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: