fbpx

Inditex fecha lojas físicas na China; unidades da Zara continuam abertas

O grupo espanhol Inditex anunciou o fechamento de todas as suas lojas físicas das bandeiras Bershka, Pull & Bear e Stradivarius na China. Um ano atrás, o país asiático contava com 162 unidades dessas três marcas. Os sites oficiais permanecerão abertos, assim como as lojas online que elas possuem no marketplace Tmall, do Alibaba. As marcas Zara, Zara Home, Massimo Dutti e Oysho vão manter presença física no país.

O grupo tem sido fortemente desafiado por rivais chineses de moda, como Peacebird, Urban Revivo e Mo & Co. Essas empresas têm produtos com estilos e preços muito parecidos e público-alvo praticamente igual aos das marcas da Inditex. As peças custam, em média, 200 yuans, o que equivale a cerca de € 25 ou R$ 165.

O plano do grupo espanhol é fechar 1.200 lojas até 2022 para se concentrar em seus principais carros-chefes. Em outubro de 2020, uma loja da Zara de 3.700 m² e quatro andares foi inaugurada na Rua Wangfujing em Xangai.

No Brasil, até a rede Zara tem sido impactada pela reestruturação mundial do grupo, que prevê maior investimento e modernização de lojas grandes, com foco no e-commerce, e encerramento de atividades de menor porte.

No ano passado, lojas localizadas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP), foram fechadas. Outras cinco deverão fechar as portas neste ano, nas cidades de Vila Velha (ES), Uberlândia (MG), São Bernardo (SP), Campo Grande (MS) e Goiânia (GO). A previsão é de que a Zara, que atualmente tem 56 unidades no Brasil, permaneça com 49.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: