fbpx

Clientes do Mercado Livre agora podem fazer pagamento com Pix

Usuários que clicarem em "Comprar Agora" poderão aproveitar a experiência

O Mercado Livre anuncia a implantação do Pix no checkout de seu marketplace. Agora, todos os usuários que clicarem em “Comprar Agora” na plataforma poderão aproveitar a experiência proporcionada pelo meio de pagamento instantâneo do Banco Central. De forma progressiva, o Pix também será ofertado para outros fluxos, como as compras com carrinho.

A expectativa é que o Pix substitua principalmente as vendas com boleto e agilize tanto a jornada de consumidores quanto de vendedores. “Ao pagar com Pix, o consumidor passa a ter a compra aprovada a qualquer hora do dia, inclusive aos fins de semana e feriados, além de se manter assegurado pelo programa Compra Garantida”, diz a diretora de Marketplace do Mercado Livre, explica Roberta Donato.

Segundo ela, a agilidade do pagamento também se traduz em uma experiência de compra melhor: os produtos chegam cada vez mais rápido para os nossos clientes. “A liberação do dinheiro ocorre de forma rápida para o vendedor, que ganha mais eficiência no fluxo de caixa e no controle de estoque”, afirma.

Para o head de Pagamentos Online do Mercado Pago, Daniel Davanço, a chegada do Pix na empresa, que é um dos maiores e-commerces da América Latina, é um passo importante para escalar e popularizar os pagamentos com o sistema para compras.

“Temos observado um crescimento progressivo na adesão do Pix no e-commerce, com avanço de 20% no volume de vendas a cada semana e uma conversão de vendas, quando comparado ao boleto, 14 pontos porcentuais maior entre os nossos clientes de fora da plataforma Mercado Livre”, afirma.

O que é o Pix?

O Pix começou a funcionar em todo o Brasil em novembro do ano passado. Mais de 700 instituições financeiras foram cadastradas pelo Banco Central para atuar com o novo meio de pagamento.

O principal diferencial do Pix é a rapidez com que as operações, como transferências e pagamentos, poderão ser feitas: o prazo máximo previsto é de dez segundos. Além disso, o sistema funciona 24 horas, em todos os dias do ano, inclusive finais de semana e feriados.

Na prática, para o varejo, o Pix tem o mesmo efeito do pagamento em espécie: o dinheiro chega na mão do comerciante na hora – não no caixa da loja, mas na conta da empresa. Isso tende a diminuir os riscos de roubo e a necessidade de se preocupar com troco, por exemplo.

Imagens: Divulgação e Bigstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: