fbpx

Dia das Mães 2021: dois terços dos consumidores pretendem presentear

Beleza e Cosméticos, e Moda e Acessórios são as categorias preferidas

O Dia das Mães, segunda principal data para o varejo, atrás apenas do Natal, deve movimentar o setor apesar das medidas de isolamento social decorrentes da pandemia de Covid-19. Um estudo realizado pela All iN e pela Social Miner em parceria com a Opinion Box revela que 66% dos brasileiros estão decididos a ir às compras, enquanto 18% ainda estão na dúvida se vão presentear alguém na data.

E não são só as mães que devem ganhar presentes na data: 20% querem aproveitar as ofertas da sazonalidade para comprar algo também para o cônjuge; 18% para a sogra, 11% para a avó, 11% para si mesmo, e 10% para a irmã. Beleza e Cosméticos, e Moda e Acessórios disparam na frente entre as categorias preferidas para presentear.

Pesquisa sobre Dia das Mães

Segundo a pesquisa, 14% desejam gastar até R$ 50 com os presentes; 31% estão dispostos a investir de R$ 51 a R$ 100 e outros 27%, de R$ 101 a R$ 200. Além disso, 11% afirmaram que podem pagar de R$ 201 até R$ 300 em itens para as mães; 4%, de R$ 301 a R$ 400; 3%, de R$ 401 a R$ 500; 4%, mais de R$ 500; e 6% não se decidiram.

Além disso, tendo a opção de escolher mais de uma forma de pagamento, 58% pretendem utilizar o cartão de crédito para adquirir produtos, 38% querem pagar no dinheiro, 31% no cartão de débito e 23% no Pix – que passou na frente do boleto, que ficou com 16% da preferência dos compradores, e de transferências, com 8%.
Bons preços, promoções e vantagens no frete serão fatores de compra decisivos à maior parte dos clientes.

Compra com antecedência

 

As empresas de pesquisa sugerem, assim, que oferecer boas condições para quem comprar com antecedência pode ser uma boa pedida, bem como oferecer cupons de desconto aos que deixarem a compra para a última hora – para compensar a chegada do presente após o dia do evento, por exemplo.

Além disso, destacam que há novos consumidores querendo aproveitar as ofertas neste ano – ou que pelo menos estão na dúvida sobre comprar ou não na data. Segundo a pesquisa, 14% deles não tinham o hábito de presentear ninguém antes de 2020, e 26% sequer tinham ido às compras no período no ano passado. A dica é que os varejistas que quiserem conquistar esses clientes estreantes, e os outros também, já comecem a divulgar as ofertas. O estudo aponta que 28% dos consumidores vão começar a comprar com duas semanas de antecedência e outros 35% na semana do evento.

Os sites de busca – como Google e Bing – devem ser os mais utilizados pelos consumidores em busca de presentes (41%). Há também quem prefira recorrer às lojas físicas (39%), aos aplicativos (31%), ao Instagram (25%), ou comprar direto nos e-commerces (25%).

Imagem: Bigstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: