fbpx

Consumidores devem estar no centro dos ecossistemas de negócios

Em evento na Lide, vice-presidente do grupo Carrefour falou sobre o fortalecimento do relacionamento com os consumidores através do e-commerce e dos aplicativos

Os consumidores devem estar no centro das ações dos ecossistemas de negócios. A afirmação é de Stéphane Engelhard, vice-presidente de Relações Institucionais, Sustentabilidade e Comunicação do grupo Carrefour Brasil, que participou nesta sexta-feira, 13, do painel de abertura da nona edição do Fórum Lide de Marketing e Varejo.

“De que adianta ser um ecossistema capaz de oferecer uma gama de produtos e serviços, se não conhecemos a fundo os nossos consumidores? Precisamos saber usar a tecnologia para nos aproximarmos e nos relacionarmos constantemente com nossos públicos para entender seus reais desejos e necessidades e agir a parti daí”, diz.

Durante sua apresentação no painel “A transformação digital no mercado e seus impactos no varejo e no consumo”, Engelhard destacou as principais iniciativas do grupo Carrefour com o objetivo de estar cada vez mais conectado com seus clientes.

As diferentes iniciativas vão desde o fortalecimento do relacionamento com os consumidores, através dos canais de e-commerce e aplicativo da marca, às melhorias nos processos logísticos para realizar a entrega mais rápida de produtos e alimentos ao longo da pandemia.

“Os hábitos de consumo mudaram completamente ao longo da pandemia. Hoje, grande parte dos consumidores, incluindo os das gerações mais antigas, migrou das compras físicas para as digitais. Devemos estar atentos a essa nova tendência, e utilizar a tecnologia para construir canais de relacionamento com nossos clientes. As empresas que agirem dessa forma, largam na frente a partir de agora”, afirmou.

Tendências do consumo pós-pandemia

Na sequência do painel, Felipe Zmoginski, fundador da Associação Brasileira de Inteligência Artificial (Abria) e Inovasia, expôs as principais tendências do consumo pós-pandemia, a partir da observação das experiências vividas segmento do varejo, principalmente no mercado chinês.

Segundo Zmoginski, as principais características do consumo pós-vacina são: consumo veloz, mas sem planos de longo prazo; lives como fortes canais de vendas; same hour delivery (que se tornou exigência do consumidor); vendas contacless (cartões por aproximação); valorização de alimentação saudável e exercícios físicos; prevalência do local commerce, pagamento digital obrigatório e late adopters (consumidores que passaram a comprar pela internet recentemente) que não voltam para o offline.

“Pela minha experiência e observação, posso afirmar que, mais uma vez, o segmento de consumo e varejo saiu na frente e já implementou uma série de ações para estar dentro dessa nova realidade e atender essas demandas. Afinal, os profissionais envolvidos diretamente nesse setor estão o tempo todo inovando e se transformando diante das adversidades. Seja na China ou no Brasil, os varejistas vão contribuir de forma importante para a reestruturação da economia mundial”, projeta.

Durante a abertura da nona edição do Fórum Lide de Marketing e Varejo, que contou com a presença de Rodrigo Garcia (vice-governador de São Paulo), Luiz Fernando Furlan (chairman do LIDE), João Doria Neto (diretor-executivo do Grupo Doria) e Celia Pompeia (vice-presidente-executiva do Grupo Doria), Marcos Gouvêa de Souza, presidente do Lide Comércio e diretor-geral da Gouvêa Ecosystem, destacou a importância do evento:

“A oportunidade de debater inovação tecnológica e seus impactos no consumo e varejo é fundamental para compreender os caminhos que os ecossistemas de negócios made in Brasil devem trilhar para assumir de vez o protagonismo no processo de reestruturação da economia brasileira”, declara.

Para o CEO da Mercado&Consumo, Célio Martinez, fazer parte de um evento deste porte como media partner é muito importante por acompanhar os mais importantes cases de mercado do varejo e do consumo. “Mais importante ainda por estarmos sempre próximos dos principais executivos de Marketing que fazem a diferença em um mercado tão engajado, comprometido e em constante processo de inovação como o Brasil”, diz.

Por Fábio Rego Barros

Imagem: Reprodução

 

 

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: