fbpx

Em edição híbrida, Campus Party dá protagonismo para as comunidades

Evento contou com palestras, encontros com influenciadores digitais e campeonatos de games

A Campus Party Brasil 2021 fechou sua décima terceira edição, nesta segunda-feira (15), a primeira de maneira híbrida. Por conta da pandemia, o evento disponibilizou neste ano apenas 3 mil ingressos para as atrações presenciais no Centro de Eventos Anhembi, zona norte da capital paulista.

Nos cinco dias de evento, os campuseiros puderam participar de palestras, encontros com influenciadores digitais, painéis sobre tecnologia e campeonatos de games.

“Queremos dar um protagonismo cada vez maior para as comunidades. Ciência e tecnologia nunca foram tão faladas nos últimos tempos através das novas relações, disruptivas, inovadoras e empreendedores. Estamos aqui para isso, para incentivar a descoberta de novos empreendedores, cientistas e agentes de transformação, nesse processo de revolução digital”, afirma Tonico Novaes, CEO da Campus Party Brasil, durante a cerimônia de encerramento.

Apoio à indústria de games

Durante a cerimônia de encerramento, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Patricia Ellen, disse que o governo do Estado vai enviar um decreto, na quarta-feira, 17, com uma série de iniciativas para apoiar a indústria de games e capacitação empresarial. “Será um projeto inovador e diferenciado, com um grande investimento para a indústria nesse momento de retomada e recomeço. Vamos lançar nosso primeiro campeonato estadual de esports”, afirma.

Também participaram da cerimônia de encerramento Aildo Ferreira, secretário estadual de Esportes; Sérgio Sá Leitão, secretário estadual da Cultura; e Rossieli Soares, secretário estadual da Educação.

“Criamos a disciplina de tecnologia e inovação a partir do 1⁰ ano para que desde cedo as crianças tenham mais oportunidade. Precisamos romper aquilo que ainda está travado em nossos sistemas de educação, principalmente dentro das escolas. Temos talentos e verdadeiros diamantes que precisam ser encontrados e lapidados. Somente assim conseguiremos dar início a revolução digital”, destaca Soares.

Data marcada

A edição 2022 já tem data, de 15 a 20 de fevereiro, também no Anhembi, em São Paulo. Segundo Tonico, a Campus Party 2022 vai explorar temas como robótica, machine learning (ensinaremos as máquinas a aprenderem), viagens espaciais, vidas em outros planetas, genoma, energias limpas, metaverso (realidade virtual dos games).

Alguns nomes já foram anunciados para CPBR14: Julio Rezende, criador da primeira estação de pesquisa e simulação de Marte no hemisfério sul; Jaqueline Goes, cientista fez parte da equipe que sequenciou o DNA do coronavírus; e Sérgio Risola  diretor-executivo do Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia).

A Campus Party Brasil é realizada pelo Instituto Campus Party e pela Gouvêa Experience, área de eventos da Gouvêa Ecosystem. A Mercado&Consumo é parceira de mídia do evento.

Com a colaboração de Fábio Rego Barros

Imagem: Larissa Féria 

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: