fbpx

McDonalds: 81% das promoção para cargos de liderança foram conquistados por pretos e pardos no Brasil

No Brasil, companhia criou a Diretoria de Gente, Diversidade e Inclusão

Franquia responsável pela operação do McDonald’s na América Latina e Caribe, a Arcos Dorados anunciou que 81% das oportunidades de promoção para cargos de liderança na rede foram conquistadas por pessoas negras entre 2020 e 2021.

Considerando todo o quadro de funcionários da empresa, 61% dos que foram promovidos no último ano se identificam como pretos ou pardos. A empresa anunciou os números para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado neste sábado, 20.

Uma das principais iniciativas da empresa foi a integração do pilar Diversidade e Inclusão à estratégia de atuação ESG da companhia, chamada Receita do Futuro. No Brasil, um reflexo desse movimento foi a criação da Diretoria de Gente, Diversidade e Inclusão e a nomeação do executivo Fábio Sant’Anna para liderar a área.

“Somos um dos maiores geradores de primeiro emprego formal da região e estamos trabalhando constantemente para oferecer a igualdade de oportunidades para todos, incluindo a ascensão de carreira para cargos de liderança de pessoas negras em nosso quadro, contribuindo com a luta antirracista no mercado de trabalho”, afirma Fábio Sant’Anna, diretor de Gente, Diversidade e Inclusão na Divisão Brasil da Arcos.

Exemplo de diversidade

Um exemplo desse movimento é o da gerente de Unidade de Negócio Adriana Alves. Ela entrou para a rede como em 2010, com 17 anos de idade, ocupando a posição de atendente em uma unidade do McDonald’s no centro do Rio de Janeiro.

Adriana Alves, gerente de Unidade de Negócio do McDonald’s no Rio de Janeiro

Adriana aproveitou a plataforma de aprendizagem e treinamento oferecida pela universidade corporativa do McDonald’s – a Hamburger University – para se capacitar e teve diversas promoções: assistente administrativa, gerente de área e gerente de plantão até chegar ao cargo de gerente de unidade de negócio.

“Quando você é uma pessoa que quer correr atrás de uma vida melhor, trabalhando em uma empresa onde não há discriminação, você se sente motivada. No meu caso, que sou uma mulher negra, isso nunca foi um impedimento. Me sentia motivada porque sabia que teria essas oportunidades”, conta.

Ela conta que percebeu o aumento da diversidade, ao longo dos anos, entre os funcionários da rede. A sua equipe conta com três pessoas com deficiência. “Tenho esse papel de mostrar que eles também podem construir uma carreira de futuro. São jovens, que ainda estão formando seus valores e existe essa importância e representatividade do meu papel de liderança em direcioná-los”, diz.

Comitê de Diversidade

No início do ano, a Arcos Dorados anunciou sua adesão ao Mover, movimento formado por 46 empresas de diversos segmentos que tem como meta criar 10 mil novas posições para pessoas negras em cargos de decisão até 2030.

Há cerca de três anos, em toda América Latina e Caribe, a companhia conta com um Comitê de Diversidade e Inclusão, que tem o propósito de conscientizar os funcionários sobre o respeito às individualidades. Entre as ações internas relacionadas à equidade racial, está a realização de treinamentos e distribuição de conteúdos educativos. Atualmente, 60% dos colaboradores da rede se declaram como pretos ou pardos.

Imagens: ShutterStock e Divulgação

 

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: