Loja da Nordstrom em Nova York passa a vender roupas de segunda mão

Mercado de revenda movimentou US$ 28 bilhões no ano passado e deve atingir US$ 75 bilhões até 2025

A Nordstrom abrirá dentro de sua loja principal em Nova York um espaço que oferecerá aos clientes vestuário de segunda mão de marcas como Burberry, Thom Browne, Isabel Marant, Off White e Adidas. As ofertas de segunda mão serão feitas em um período de teste por seis meses na loja física e pela internet.

O espaço está programado para ser inaugurado em 31 de janeiro e a Nordstrom fornecerá peças de seu próprio inventário. Serão vendidas roupas que foram devolvidas pelos clientes, limpas e reparadas.

Com uma política de retorno liberal, muitas marcas que a Nordstrom apresenta em seus departamentos de luxo manifestaram interesse no teste.

“A administração da Nordstrom está disponibilizando mercadorias menos caras para seus clientes em suas lojas. Se esse novo conceito for bem-sucedido, mudará o caráter de sua loja – e talvez de toda a cadeia”, afirma Olivia Kim, vice-presidente de Projetos Criativos da Nordstrom.

O mercado de revenda tem crescido muito rápido. Movimentou US$ 28 bilhões no ano passado e deve atingir cerca de US$ 75 bilhões até o final de 2025. A acessibilidade é uma das principais razões para o sucesso dessas lojas, pois roupas de luxo são, por definição, caras, e os clientes com um olho para o luxo estão agora aceitando roupas pré-usadas para ocasiões especiais.

Imagem: Reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: