Nova patente sugere que desfile da Victoria’s Secret pode ser no metaverso

Gigante de lingerie apresentou quatro pedidos de marca registrada sobre metaverso e negociação NFT no Escritório de Patentes e Marcas dos EUA

A Victoria’s Secret é a mais recente marca de moda a mirar o metaverso. A gigante de lingerie apresentou quatro pedidos de marca registrada sobre metaverso e negociação NFT no início deste mês.

A Victoria’s Secret acabou com seu desfile anual de moda em 2019. Segundo o site Insider, um novo registro de patente sugere que os desfiles podem um dia voltar ao metaverso.

O pedido de marca registrada no Escritório de Patentes e Marcas dos EUA, em 8 de fevereiro, foi compartilhado no Twitter pelo advogado de marcas Josh Gerben.

De acordo com os documentos, a Victoria’s Secret registrou marcas comerciais para vender bens virtuais, como roupas íntimas e calçados.

Além disso, segundo Gerben, a empresa está procurando marcar “serviços de loja de varejo com bens virtuais” e “serviços de entretenimento”, como fotos, imagens, vídeos e imagens gravadas, que usará em desfiles de moda virtuais.

Mais pluralidade 

A Victoria’s Secret já disse que planeja trazer seu desfile de volta de alguma forma no futuro, mas não confirmou como isso seria ou quando aconteceria.

“Não temos pressa em anunciar quando será ou como será, mas vamos redefini-lo de uma forma culturalmente relevante nos próximos anos”, disse o CEO Martin Waters em uma apresentação aos investidores no ano passado.

Um novo desfile, no entanto, não contará com o grupo de top models conhecido como Angels.  Nos últimos anos, a empresa recebeu diversas críticas pela falta de pluralidade e, em junho de 2021, anunciou que vai trabalhar com um comitê feminino diverso. Na última semana, a modelo Sofia Jirau, de 24 anos, se tornou a primeira pessoa com síndrome de Down a aparecer em uma campanha da Victoria’s Secret.

Corrida pelo metaverso

Nas últimas semanas, várias grandes marcas e corporações entraram com pedido de marcas relacionadas à NFT e metaverso. Recentemente, Nike e Adidas registraram patentes para proteger suas marcas no metaverso.

A Gucci foi uma das primeiras casas de moda de luxo a vender NFTs, com Louis Vuitton e Prada.

Imagens: FashionStock.com / Shutterstock.com e JHVEPhoto / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: