Airbnb planeja encerrar negócios na China, em meio à concorrência forte e covid

Chamados superaplicativos dominam o mercado chinês e podem adquirir novos clientes sem gastar tanto

A Airbnb planeja fechar seus negócios na China, depois que as severas medidas de controle da covid-19 agravaram as dificuldades em meio à crescente concorrência local, segundo pessoas familiarizadas com a decisão. As reservas de estadias e experiências na China normalmente representam cerca de 1% da receita geral da Airbnb, disseram as pessoas.

A empresa de compartilhamento de casas é uma pequena concorrente no setor de viagens da China. A companhia tinha mais de 500 mil propriedades ativas até abril, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado AirDNA, de seus mais de seis milhões de listagens globais ativas.

Os chamados superaplicativos, como o Meituan, que entrega comida e oferece outros serviços, incluindo viagens, dominam o mercado chinês e podem adquirir novos clientes sem gastar tanto quanto o Airbnb. Isso os torna difíceis de competir, disseram as pessoas familiarizadas com a decisão do Airbnb.

Os bloqueios contra a covid-19 exacerbaram os problemas do Airbnb. Estava ficando mais caro operar um negócio de viagens na China, disseram as pessoas, e a empresa decidiu que não valia o pagamento.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: Prathankarnpap / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: