Decathlon lança serviço de compra e venda de produtos second hand

Também serão produtos esportivos aceitos que não foram comprados na Decathlon

De olho nos novos hábitos dos consumidores, a Decathlon lançou um programa voltado para a economia circular, o Decathlon Circula. O objetivo é promover a compra e venda de produtos second hand entre os esportistas.

“O lançamento da Decathlon Circula, além de ampliar o nosso catálogo de produtos esportivos em um mercado em constante crescimento, é um dos pilares do nosso projeto de sustentabilidade, junto com o nosso compromisso de ter 100% de produtos ecodesign até 2026”, reforça Cédric Burel, CEO da Decathlon Brasil.

O serviço contará com a parceria da startup SeMexe, especializada na compra e venda de itens do universo da bike. “Unimos forças com um parceiro, que já é referência na revenda de produtos esportivos usados, visando dar um novo ciclo de vida para os equipamentos”, completa Jorge Monteiro, gerente de marketplace da Decathlon Brasil.

Consumo consciente

O consumo de produtos usados aumentou entre os brasileiros durante a pandemia. Além dos benefícios econômicos para quem compra e para quem vende, também reflete uma preocupação com o meio ambiente e com o consumo consciente. Segundo um levantamento do Sebrae, de 2021, o número de estabelecimentos especializados em produtos de segunda mão aumentou em 48,58%.

O projeto faz parte de um compromisso ambiental ousado da Decathlon, que inclui uma série de iniciativas, como a aquisição de frota de caminhões elétricos para operação logística verde no Brasil; ter 100% da gama de produtos com menos impacto ao meio ambiente até 2026; zerar a utilização de cabides descartáveis e reduzir a emissão de CO2 em 40% por produto vendido globalmente até 2026.

Como funciona o Decathlon Circula:

  • O esportista separa os itens que deseja vender (também serão aceitos produtos que não foram comprados na Decathlon) e leva até um dos pontos de coleta – inicialmente, contará com apenas um ponto de coleta na loja do Morumbi, em SP, ampliando o perímetro de atuação à medida em que o serviço for crescendo;
  • É realizado o cadastro no portal e registro dos itens que estão sendo entregues. Os produtos são separados, identificados e lacrados para envio à equipe de curadoria;
  • Junto da SeMexe, a equipe avalia os itens, fotografa, precifica, publica o anúncio, embala e despacha para o comprador;
  • Após a publicação, o esportista poderá diminuir o preço anunciado em até 50% ou aumentar em até 25%
  • Depois de vendido, o esportista recebe o valor da venda (menos a comissão destinada à Decathlon) e pode transferir para sua conta bancária cadastrada ou utilizar o crédito para realizar compras na loja
  • Todo o processo é feito online e de forma simplificada, sem a necessidade que o vendedor entre em contato com os interessados no produto.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: