Ikea anuncia novos passos para reduzir mais negócios na Rússia e em Belarus

Empresa diz que acredita não ser possível retomar operações em breve

A Ikea anunciou nesta quarta-feira, 15, mais passos para reduzir seus negócios na Rússia e em Belarus. Em comunicado, a empresa sueca de móveis e decoração lembra que em 3 de março já havia decidido por uma pausa em suas operações nos dois países, como consequência pela guerra na Ucrânia.

“Infelizmente as circunstâncias não melhoraram e a guerra devastadora continua”, afirma a companhia, que cita impactos em cadeias de produção pelo mundo e que, nesse quadro, não acredita ser possível retomar operações em breve.

A Ikea diz que seu negócio de varejo nesses países seguirá parado e que a força de trabalho será reduzida.

Para apoiar o processo de reduzir a operação, o grupo planeja vender seu estoque de itens para residências na Rússia.

As importações e exportações de produtos da Ikea da e para a Rússia e Belarus serão interrompidas, acrescenta o texto, e escritórios de compras e logística serão fechados.

Perdas globais

As empresas globais acumularam mais de US$ 59 bilhões em perdas em suas operações na Rússia, com mais problemas financeiros por vir à medida que as sanções atingem a economia e as vendas e paralisações continuam, de acordo com uma revisão de declarações públicas e registros de títulos.

Quase mil empresas do Ocidente se comprometeram a sair ou reduzir as operações na Rússia, após a invasão da Ucrânia, segundo pesquisadores de Yale.

Com informações de Estadão Conteúdo

Imagem: Tanasan Sungkaew / Shutterstock.com

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: