Magalu aposta na venda via WhatsApp e lança catálogo completo na plataforma

O portfólio do Magalu será atualizado em tempo real nesse novo sistema, desde preços até o estoque

O Magalu, visando ampliar seus canais de vendas e disponibilizar um catálogo completo, iniciou uma fase de teste para oferecer produtos via WhatsApp a seus mais de 37 milhões de clientes ativos. A iniciativa da marca é em parceria com a Meta e a Smarters.

A ferramenta ainda não está disponível para todos os clientes, pois inicialmente o Magalu irá focar na análise do comportamento de seus clientes, examinando aspectos como taxas de abandono de carrinhos, entre outras métricas de desempenho, antes de disponibilizar o uso para toda a base de clientes tanto do Magalu quanto da Época Cosméticos, empresa que faz parte da companhia.

“Há uma nova forma de vender a partir do comércio conversacional e o WhatsApp nos permitiu isso, de forma pioneira no Brasil”, afirma Eduardo Galanternick, vice-presidente de Negócios do Magalu.

O portfólio do Magalu será atualizado em tempo real nesse novo sistema, desde preços até o estoque, por meio de uma integração de API realizada pela Smarters. Essa nova funcionalidade permitirá ao consumidor checar informações sobre produtos que pretendem comprar enquanto navegam pelo catálogo de ambas as marcas.

“O WhatsApp faz parte do nosso dia a dia e as pessoas já esperam poder se engajar com as empresas por mensagens, em experiências ricas, que vão desde a descoberta de um produto, esclarecimento de dúvidas, fechamento da compra, até rastrear o pedido e receber atendimento pós-venda”,  declara Guilherme Horn, head do WhatsApp para Mercados Estratégicos na Meta.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

Potencial de mercado

Ao lado de Índia e Indonésia, o Brasil está entre os três maiores usuários do WhatsApp. Estima-se que nove em cada dez brasileiros tenham o aplicativo instalado no celular, totalizando 197 usuários.

Aproximadamente 40% dos anunciantes na plataforma no Brasil fazem uso da modalidade de click-to-message, um formato de publicidade que direciona as pessoas que clicam no anúncio diretamente para conversas com os canais de mensageria da companhia, como WhatsApp, Messenger e Instagram.

De acordo com um levantamento da Kantar, encomendado pela Meta, mostrou que 80% dos brasileiros afirmam preferir as mensagens como forma de se comunicar com uma empresa. Já 81% dizem ser mais fácil enviar mensagem para uma empresa do que obter atendimento através de um site. Em relação a fechar negócios, 78% dos entrevistados disseram que tenderiam a fazer compras com empresas com as quais conseguem conversar por meio de mensagens.

“Com mais esse modelo, vamos chegar ao que acredito ser o caminho natural do varejo. Não estamos fazendo isso para substituir os canais de venda. Estamos indo ao encontro do desejo do consumidor, explorando uma forma de vender por meio do comércio conversacional”, completa Galanternick.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

https://www.youtube.com/watch?v=hJe-myuv4BA

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist