Meios de pagamento inovadores ganham espaço no atual cenário econômico

Novidades oferecem vantagem competitiva a varejistas em momento de crise

Em um momento de alta inflação e com a dificuldade de acesso da maioria dos consumidores ao crédito, soluções como as da startup financeira Pagaleve ganham espaço no mercado. Recentemente, a empresa trouxe ao Brasil o conceito de “buy now, pay later”, com o chamado parcelamento inteligente. O método permite ao consumidor parcelar suas compras sem a necessidade de cartão de crédito e sem pagar juros.

“O Pix 4x sem juros chegou para tornar-se um sinônimo de parcelamento, principalmente para aqueles que não tem ou não querem usar o cartão de crédito, comportamento muito comum entre o jovem adulto, por exemplo. Ao oferecer um meio de pagamento que atende perfeitamente esse perfil de público, o varejista ganha uma vantagem competitiva no mercado”, comenta Eduardo Zucareli, Chief Commercial Officer da Pagaleve.

A solução oferece ao varejista aumento de conversão e ticket médio. Além disso, com o pix parcelado o lojista não precisa mais solicitar antecipação de crédito e se preocupar com inadimplência e chargeback, já que a Pagaleve paga em D+1 e se responsabiliza por inadimplência.

Embora ainda novo no mercado, o meio de pagamento tem conquistado grandes varejistas. Um dos principais parceiros da startup é a Mormaii, empresa de roupas e artigos de surf, que viu crescimentos nos indicadores desde que passou a oferecer o serviço no e-commerce.

“Confesso que ficamos muito surpresos com o retorno que a Pagaleve nos trouxe logo em um primeiro momento. Foi surpreendente em relação de outras modalidades de pagamento tradicionais”, comentou Sacha Juanuk, gestor de Processos da Mormaii. Segundo ele, 32% dos pagamentos da empresa são via Pix; desses, cerca de 40% são feitos por meio de Pix parcelado.
O executivo também destaca o principal motivo que fez a empresa optar por esse meio de pagamento: a liberdade do consumidor. “É muito importante proporcionar isso para os consumidores, nos meios de entrega, na forma de compra e nas formas de pagamento”, completa.

Juanuk ainda cita o parcelamento como outro fator fundamental, uma vez que atende a uma necessidade atual em meio à alta da inflação e ao baixo limite de crédito de grande parte da população. “Os novos meios de pagamento são mais democráticos e includentes”, complementa.
Presente majoritariamente no ambiente online, a Pagaleve pretende também se consolidar como uma alternativa no ponto de venda físico. Para Sacha Juanuk, da Mormaii, a iniciativa fará todo o sentido. “Somos um dos maiores patrocinadores de eventos, e levar essa experiência da Pagaleve para os eventos de surf, corrida ou triatlo pode ser uma bela solução para o meu cliente que está lá”, finaliza.

Novo Mundo

Uma das mais recentes parceiras da Pagaleve é a rede de varejo Novo Mundo, outra empresa que buscava novas formas de pagamento no mercado. Para Matheus Sepulveda, diretor da Novo Mundo Digital, a adoção do método de pagamento vai ao encontro da demanda do consumidor. “O objetivo é sempre trazer as melhores formas de pagamento para nosso usuário e que ele consiga consumir os nossos produtos”, explica.

O diretor destaca que o ticket médio da rede é alto, variando de R$ 800 a R$ 900 dependendo da época, e que é necessário oferecer diversas alternativas para o consumidor fazer o pagamento. “Quanto mais formas de pagamento conseguirmos disponibilizar para nosso cliente final, melhor, porque conseguimos melhorar a conversão”, ressalta.

Nos dois meses de parceria, segundo Sepulveda, as vendas feitas por meio da solução da Pagaleve têm se somado àquelas feitas por outras vias. “Nós tínhamos o receio de ‘roubar’ um pedaço do cartão ou do Pix, mas na verdade conseguimos agregar vendas”, finaliza.

Imagem: Shuttertock

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: