Amazon usou algoritimo secreto para elevar preços de concorrentes, acusa FTC

Empresa teria obtido mais de US$ 1 bilhão em receitas com o uso do algoritmo, segundo uma pessoa familiarizada com o assunto

A Amazon.com usou um algoritmo de codinome “Projeto Nessie” para testar o quanto poderia aumentar os preços de uma forma que os concorrentes seguiriam, de acordo com partes editadas do processo de monopólio da Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) contra a empresa.

O algoritmo ajudou a Amazon a aumentar seu lucro em itens em todas as categorias de compras e, devido ao poder que a empresa tem no comércio eletrônico, levou os concorrentes a aumentarem seus preços e cobrarem mais dos clientes, segundo pessoas familiarizadas com as alegações na denúncia. Nos casos em que os concorrentes não aumentaram os seus preços para o nível da Amazon, o algoritmo – que já não está em uso – devolveu automaticamente o item ao seu preço normal.

A empresa também usou Nessie no que os funcionários viam como uma espiral promocional, onde a Amazon igualaria um preço com desconto de um concorrente, como a Target.com, e outros concorrentes seguiriam, baixando seus preços. Quando a Target encerrasse sua venda, a Amazon e os outros concorrentes permaneceriam presos ao preço baixo porque ainda estavam se equiparando, de acordo com ex-funcionários que trabalharam na equipe de algoritmo e precificação.

A Amazon obteve mais de US$ 1 bilhão em receitas com o uso do algoritmo, segundo uma pessoa familiarizada com o assunto.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

“As alegações da FTC descaracterizam grosseiramente esta ferramenta”, disse um porta-voz da Amazon. “O Projeto Nessie era um projeto com um propósito simples: tentar impedir que nossa correspondência de preços resultasse em resultados incomuns, onde os preços se tornassem tão baixos que se tornassem insustentáveis. O projeto durou alguns anos em um subconjunto de produtos, mas não funcionou como planejado, então nós o descartamos há vários anos.”

O Projecto Nessie é um dos vários casos em que a queixa da FTC afirma que o poder de monopólio da Amazon teve amplos impactos no aumento dos preços ao consumidor no retalho.

Com informações de Estadão Conteúdo (Dow Jones Newswires).
Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist