Grandes marcas reforçaram a luta da comunidade LGBTQIAP+ durante o mês de junho

Cerca de 33% dos brasileiros acreditam ser importantes posicionamentos de marca sobre o assunto

O mês de junho foi marcado por comemorações do orgulho LGBTQIAP+ e celebrado, oficialmente, no dia 28. Sabendo da importância de dar visibilidade para a causa e de promover a igualdade e respeito, as grandes marcas têm cada vez mais aproveitado o mês para reforçar e apoiar a luta de milhões de pessoas.

Apesar do aumento das movimentações da marca, um levantamento feito pela Teads, plataforma global de mídia, mostrou um cenário em que as pessoas não acham necessária a divulgação. Os dados são Teads Pulse, estudo do ponto de vista de latino-americanos sobre a comunicação que as marcas fazem em relação à comunidade LGBTQIAP+.

A pesquisa entrevistou 2.800 pessoas de diferentes mercados, Brasil, México, Argentina, Chile Colômbia e Peru, e das diferentes gerações, Z, Y, Millenials e Boomers.

De maneira geral, apenas 27% dos entrevistados acham importante que as marcas que consomem tenham uma comunicação inclusiva e promova a diversidade. Aproximadamente 53% não julgam o posicionamento essencial. Ao analisar apenas o cenário brasileiro, os dados são semelhantes, cerca de 33% acreditam ser importante e 51% dizem não ser relevante.

Acompanhe abaixo algumas das principais campanhas feitas pelas grandes marcas:

Trident

Pelo segundo ano consecutivo, a Trident mudou seu nome para Prident, em alusão ao termo orgulho – pride em inglês – para o mês do Orgulho LGBTQIAP+.  Através da ação, o objetivo era oferecer o nome, a visibilidade e as cores para apoiar a comunidade.

Além disso, a marca firmou parceria ao longo de 2022 com a Casa Chama, ONG voltada à população transgênero com atuação sociopolítica e cultural, que visa garantir a emancipação e qualidade de vida para pessoas trans.

Outra ação feita foi feita em parceria entre a agência Leo Nurnett Tailor Made e a Mondelez Brasil, que prevê patrocínio para a exposição “Trans_borda – O Olhar opositivo na arte”. A exposição é realizada por artistas transgênero que residem em São Paulo e estará disponível para visitação entre os dias 3 e 30 de setembro, no IAB-SP (Instituto de Arquitetos do Brasil).

Rexona

A Rexona, por sua vez, promoveu uma campanha digital multiplaforma para contar sobre como esportistas e influenciadores LGBTQIAP+ quebraram as barreias e se orgulham das atitudes que tomaram. A ação foi idealizada pela U-Studio, hub criativo da Oliver para Unilever.

As histórias foram trazidas por meio de conteúdos interativos nas plataformas de Instagram e TikTok da marca. Nas narrativas, os atletas contam como utilizaram o esporte para quebrarem barreiras. Para isso, a Rexona convidou a atleta de vôlei Tifanny Abreu, embaixadora da marca há um ano, a ciclista Luana Aguiar, o esportista Daniel Massafera e a corredora Daniela Lopes.

A campanha foi 100% desenvolvida por e com pessoas da comunidade LGBTQIAP+.  O vídeo também contou com a trilha sonora de Pepita, uma das primeiras funkeiras trans do Brasil.

Westwing

Este foi o primeiro ano que a Westwing, plataforma de casa, decoração e lifestyle, encabeçou publicamente um manifesto com colaboradores LGBTQIAP+. A ação visa contar como foi esse processo de se assumir e reforçar que diversidade é uma pauta frequente na companhia.

O objetivo foi fazer com que mais clientes e funcionários sintam-se representados. “Criamos um vídeo manifesto que reforça os processos individuais, mas que traduz o que muitas outras pessoas já sentiram ou sentem em algum momento da vida”, comentou Adler Berbert, head de marketing e conteúdo da Westwing.

O vídeo-manifesto, que foi ao ar no dia 28 de junho, encabeça uma campanha no Clube Weswing com produtos exclusivos de marcas alinhadas à causa e uma edição limitada do livro “100 Kisses”, do projeto Prints for Pride. Para conferir o vídeo, clique aqui.

Boticário

O Boticário também apostou no vídeo para sua campanha para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIAP+. A ação foi feita em parceria com a Eletromidia e busca abordar a questão do suporte e o diálogo entre familiares, amigos e sociedade com a comunidade LGBTQIAP+. A iniciativa foi desenvolvida dentro da #OrgulhoInspiraOrgulho, em busca de pessoas que demonstrem seu orgulho por outras.

Com o intuito de estabelecer uma Rede de Orgulho, a ação começou com um vídeo no TikTok, plataforma de vídeos curtos, protagonizado pela cantora Pepita. Durante o vídeo, a cantora fala sobre seu amor com o filho. “Esse é meu maior orgulho, que todo dia me inspira e mostra que o amor existe e pode ser vivido de qualquer tipo de preconceito”, disse.

A campanha também convidou o público a criar os próprios vídeos compartilhando de quem eles sentem orgulho. E, após uma curadoria, serão exibidos durante sete dias em digitais de mídia OOH (Out of Home) em estações de metrô por São Paulo e Salvador, telas de edifícios comerciais, shopping e aeroportos.

TIM

A TIM, operadora de telecomunicação, lançou o aplicativo SOMOS+. O objetivo é apoiar a empregabilidade elevar conteúdo de qualidade e conhecimento para a comunidade LGBTQIAP+. A plataforma também dá visibilidade a ações de empresas que apoiam a diversidade e inclusão. Todo o conteúdo será gratuito e os clientes da operadora podem navegar na plataforma sem gastar internet.

O aplicativo foi desenvolvido pela área de marketing da operado em parceria com a JUMP Mobile e colaboração do grupo de afinidade Orgulho+, formado por quase 100 funcionários e funcionárias que avaliam as ações para inclusão de pessoal LGBTQIAP+. A plataforma é mais uma forma que a TIM buscou para alavancar a inclusão social e integrará o programa de diversidade e inclusão da operadora.

“É muito importante para a TIM ampliar o acesso de pessoas LGBTQIAP+ à informação de qualidade e a oportunidades, especialmente por meio da tecnologia, que é nossa expertise”, destacou Alan Kido, gerente de diversidade e inclusão da TIM.

Além da opção com o botão ‘Empregos”, em que serão mostradas vagas LGBTQIAP+ no mercado de trabalho, também será possível encontrar conteúdo sobre feiras de empregabilidade, ações que empresas e profissionais poidem implementar em prol da comunidade e parcerias com casas de acolhimento na aba “Impacto Social”. A curadoria desse serviço estará sob o comando de Luana Corrêa, Gestora de Projetos de Diversidade e Inclusão da consultoria Mais diversidades.

Imagem: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: