Na transformação dos shoppings, o ‘food is the new fashion’

Evolução do mix do modelo e do negócio foi tema do painel comandado por Luiz Alberto Marinho no Latam Retail Show

Os shoppings estão em transformação e a alimentação será uma ancoragem cada vez mais importante. Nos shoppings administrados pela Multiplan, por exemplo, a alimentação foi o setor com maior crescimento nos últimos 10 anos, de 4 pontos percentuais, passando a representar 12,9% de ABL (área bruta locável), atrás apenas de serviços, com 25,1%.

Um dos motivos para tal crescimento é que, cada vez mais, os shoppings deixam de ser apenas um centro de compras para se tornar um centro de convivência. A evolução do mix do modelo e do negócio foi tema do painel comandado por Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da Gouvêa Malls, no terceiro e último dia do Latam Retail Show, maior evento B2B de varejo e consumo da América Latina, no Expo Center Norte, em São Paulo. “A alimentação é cada vez mais uma ancoragem dos shoppings, que começam a ver que o ‘food is the new fashion’”, diz Marinho.

Trabalhar os espaços nos shoppings como centro de entretenimento dentro dos shoppings faz parte da estratégia de expansão da SouthRock Capital, holding que opera no Brasil as marcas Starbucks, TGI Friday´s, Subway e Brazil Airports Restaurant.

“Os shoppings são muito importantes na nossa estratégia. Criamos espaços de convivência para fornecer experiência e relacionamento com os consumidores”, afirma Sérgio Barbi, head de Expansão e Desenvolvimento de Lojas da SouthRock.

Prova disso é que no plano de expansão da Starbucks, iniciado há um ano e meio, a rede vai abrir sua primeira loja no Nordeste em um shopping center, o Shopping da Bahia.

Outra marca que está começando sua expansão no Brasil dentro de shoppings é a TGI Fridays, rede de restaurantes com a proposta de ser ambiente aconchegante e animado. “A TGI Fridays tem característica de entretenimento dentro dos shoppings. Fizemos uma adaptação pela cultura do brasileiro nos shoppings. É incrível como a alimentação tem uma perspectiva muito mais ampla do que a própria comida. Queremos o cliente dentro da loja por mais tempo, tendo motivos para consumir”, explica.

Busca pela conveniência

Além do entretenimento, a busca pela conveniência, com a oferta de múltiplos serviços complementares, é um caminho seguido pelos shoppings para garantir fluxo de clientes em seus espaços.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

Maior administradora de shoppings do Brasil, com um portfólio formado por 38 centros de compra, a Aliansce Sonae está investindo em 17 obras de expansão de multiuso. “Vemos desenvolvimento acontecendo em todas as regiões. Temos 17 obras de multiuso, como a do Parque dom Pedro, com 4,9 mil metros de expansão. Parque dom Pedro foi construído há 20 anos. Resolvemos que temos que atualizá-lo. É muito difícil tomar a decisão de investir 250 milhões em um ativo que já gera um belo retorno”, afirma Rafael Sales, CEO da Aliasnce Sonae.

Outro exemplo citado por Sales é a transformação do Shopping da Bahia, que receberá 6 torres residenciais, a maior com 50 andares, junto com um parque. “É um shopping de 47 anos que vai virar um equipamento totalmente renovado”, destaca.

A oferta de opções de lazer e entretenimento também acontece através de parcerias, como com a BeGreen, que fornece assinatura de caixas de vegetais produzidos nas fazendas urbanas instaladas nos shoppings. Além disso, conecta a estufa com a área de lazer, bicicletário e operações comerciais.

Parcerias 

O grupo Partage, que possui hoje 12 shoppings centers em diversas regiões do Brasil, também está investindo em complexos multiuso, com o Partage Shopping Brasília. Localizado nas proximidades do Aeroporto Internacional de Brasília, o  empreendimento contará com um mix diversificado de lojas, centro de eventos, entretenimento, área aberta e preservação de mata nativa do cerrado.

“Assumimos o projeto de Brasilia no final de 2019. Em 2020, levamos os varejistas para conhecerem. A pandemia só reforçou os pilares desse projeto, que é o que as pessoas estão demandando, com a pluralidade arquitetônica que possa trazer conforto”, afirma Adriano Capobianco, diretor Comercial e de Novos Negócios do grupo Partage.

Outra aposta do grupo é a parceria com a NEOOH para mídia out of home em todos os seus shoppings. Com um público de 40 milhões de pessoas por ano, a NEOOH será a responsável por implantar e gerenciar todo o circuito de mídia digital nos centros de compra. “A comunicação é um ponto fundamental para o mercado de shopping centers e a parceria vai potencializar a experiência dos visitantes, dos lojistas e parceiros”, afirma Capobianco.

Imagem: Larissa Féria

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist