Comportamento do consumidor: pagamento sem contato está entre as tendências de 2023

É o que mostra o 15º Estudo Global do Consumidor da Zebra Technologies Corporation

O consumidor quer experiências mais rápidas e eficientes dentro das lojas, e há um aumento no número de pessoas que preferem ter diversidade nas opções de autoatendimento, incluindo pagamentos sem contato.

Essa é uma das conclusões do 15º Estudo Global do Consumidor da Zebra Technologies Corporation, segundo o qual o consumidor está inclinado, ainda, ao uso do smartphone nas compras e se propõe a usar carrinhos inteligentes e quiosques digitais.

Segundo o estudo, os clientes classificam a disponibilidade e a seleção de produtos como os dois principais motivos pelos quais escolhem comprar em uma loja física ou digital. No entanto, ainda existem obstáculos no caminho dessa tendência, pois os problemas de oferta e preços continuarão. Além disso, as altas taxas de juros está impactando os varejistas de primeira linha na América do Norte e na Europa a reduzir os gastos com estoque em 30% até 2024.

O estudo também traz mais descobertas, como por exemplo a de que 80% dos compradores preferem lojas que oferecem devolução fácil e 75% deles optam pela opção de receber seus produtos em casa. Além disso, segundo o 15º Estudo Global do Consumidor da Zebra Technologies, sete em cada dez procuram fornecedores que ofereçam uma mistura de compras, utilizando-se da loja física e o online.

Devolução na loja

O consumidor cada vez mais compra antes de experimentar o produto, e a necessidade da agilidade está levando à entrega de itens errados ou danificados, o que aumenta o volume de devoluções. Os varejistas, consequentemente, pagam por todos estes processos.

Banner Curso ONE FRIEDMAN

Nesse sentido, existe a tendência de que, quando a devolução for solicitada pelo consumidor, os varejistas incentivarem mais as devoluções diretamente nas lojas e não por logística reversa.

Até 2023, a Zebra prevê mais automação centrada no ser humano, o que basicamente significa mais software e equipamentos adequados para que os colaboradores executem as atividades com maior controle e qualidade, fazendo com que eles possam ter uma melhor produtividade com simplicidade e que ofereçam uma melhor experiência ao cliente.

Ao otimizar o gerenciamento da força de trabalho, as empresas podem antecipar com precisão suas necessidades e combiná-las com suas habilidades. Isso otimizaria os horários dos funcionários e se utilizaria da aplicação de mecanismos simples para folgas, mudanças de turno, etc. Simplificar o gerenciamento de tarefas de comunicação também pode melhorar a eficiência geral ao otimizar e simplificar a execução de tarefas, o que terá impacto direto no atendimento ao consumidor.

Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist