Ambev anuncia startups selecionadas para programa de aceleração

O objetivo é encontrar ideias inovadoras para a empresa e parceiros avançarem em compromissos de sustentabilidade

A Aceleradora 100+ anunciou os 20 negócios selecionados para a 4º edição do programa de inovação aberta criado pela Ambev e visando o desenvolvimento de soluções inovadoras e sustentáveis.

Entre elas, estão a Barkus, uma edtech que democratiza o acesso à educação financeira para jovens e adultos por meio de um bot humanizado via Whatsapp; a Já Entendi, que oferece tecnologia exclusiva e metodologia didática própria para capacitação profissional de trabalhadores operacionais ou de baixa escolaridade; e a MEI Shop, que empodera pequenos empreendedores a terem sucesso em sua trajetória com consciência e autonomia.

Agora, as startups selecionadas pelo programa da Ambev partem para etapa de Intensive Learning, que tem duração de oito semanas, em que os empreendedores passarão por workshops sobre temas relevantes.  

Esta etapa conta com a parceria da Quintessa, aceleradora de impacto, e também com a presença da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA), correalizadora da iniciativa. Além disso, outros parceiros e apoiadores também estão presentes, como PepsiCo, Valgroup, Machado Meyer e Ball Corporation. 

Após esta fase, é feita uma nova seleção em que são definidos os negócios que participarão da etapa de implementação dos pilotos. O objetivo do programa é encontrar ideias inovadoras para a Ambev e parceiros avançarem em seus compromissos de sustentabilidade para 2025 em diversas frentes, como mudanças climáticas, agricultura sustentável e economia circular.  

Na Ambev nós seguimos empenhados em promover ações de crescimento compartilhado para que todo o nosso ecossistema tenha oportunidade de se desenvolver com base em soluções que realmente contribuam para a promoção de um futuro melhor”, destacou Lisa Lieberbaum, gerente de Sustentabilidade da Ambev. Ela ainda ressaltou que a Aceleradora 100+ representa esse objetivo e amplia o horizonte de startups com potencial. 

Impacto positivo

O relatório final que avaliou os aspectos da última edição do programa, mostrou que 100% dos empreendedores participantes entenderam que o impacto positivo gerado pelo negócio foi ampliado após a participação na aceleradora. 

Segundo a coordenadora de projetos da PPA, Juliana Simionato, neste segundo ano houve um processo mais apurado de seleção das iniciativas para o programa de inovação criado pela Ambev. “Terminamos a primeira etapa de seleção muito satisfeitos com a turma deste ano, que traz como diferencial a entrada de diversos empreendimentos liderados por amazônidas e um terço da turma formada por cooperativas de vários tamanhos”, completou. 

“A Aceleradora 100+ é um ótimo exemplo de como podemos criar iniciativas ganha-ganha. Os empreendedores recebem suporte técnico, faturam, implementam suas soluções, geram impacto positivo, têm a possibilidade de crescer junto a grandes parceiros”, disse Anna de Souza Aranha, sócia e diretora do Quintessa. 

 Imagem: Shutterstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: