fbpx

Alibaba registra US$ 40 bi em vendas na primeira hora do Single’s Day 2020

Os consumidores gastaram US$ 74,1 bilhões nas plataformas de comércio eletrônico da Alibaba no Singles’s Day (Dia dos Solteiros) de 2020, o que representou um novo recorde para a data. De acordo com os dados de pesquisa analisados ​​e publicados pela Stock Apps, o valor bruto da mercadoria (GMV) do Alibaba para o evento de 2019 foi de US$ 38 bilhões, quase metade do valor de 2020.

Embora o evento normalmente dure 24 horas, neste ano ele durou duas semanas, começando de 1º de novembro e indo até a meia-noite de 12 de novembro.

Os benefícios foram sentidos por outros varejistas online, bem como por várias marcas internacionais. A JD.com relatou US$ 40,97 bilhões em GMV durante o evento. As vendas para os eventos deste ano já ultrapassaram o total de 2019 em 33% e também estabeleceram um novo recorde. Juntos, os dois gigantes do comércio eletrônico Alibaba e JD giraram mais de US$ 115 bilhões em suas plataformas.

O volume de transações cumulativas nos sites de comércio eletrônico da Alibaba totalizou US$ 40,87 bilhões na primeira hora. Este número superou o total de vendas registrado durante todo o evento em 2019.

A varejista de eletrônicos Sunig.com anunciou que, nos primeiros 19 minutos do evento, vendeu produtos no valor de US$ 758 milhões.

De acordo com um relatório da Bloomberg, nos primeiros 111 minutos do dia do evento, 100 marcas geraram transações no valor de cerca de US$ 15 milhões cada. Entre eles, estão Nike, Huawei, Adidas, L’Oreal, Xiaomi, Lancome e Apple. Na plataforma Tmall, a Estee Lauder foi a primeira a ultrapassar a marca de 1 bilhão de yuans em vendas.

O evento deste ano contou com 800 milhões de compradores participantes. Em 11 de novembro, o site B2C do Alibaba, Tmall, ofereceu mais de 16 milhões de produtos de pelo menos 250 mil marcas. No pico do evento, houve uma média de 583 mil pedidos por segundo.

Das 250 mil marcas, 31 mil eram estrangeiras, vindas de mais de 220 países e regiões. As marcas americanas tiveram as maiores vendas internacionais para a China durante o evento, acumulando vendas no valor de US$ 5,4 bilhões.

Single’s Day vs Prime Day

Ao longo dos anos, o Single’s Day do Alibaba superou outros festivais de compras por uma larga margem. As vendas do Amazon Prime Day 2020, por exemplo, foram de US$ 10,4 bilhões, acima dos US$ 7,16 bilhões em 2019, de acordo com a Practical eCommerce – mas, ainda assim, inferiores às do Single’s Day.

Da mesma forma, em 2018, enquanto as vendas do Dia dos Solteiros totalizaram US$ 30,8 bilhões, os resultados do Prime Day foram de US$ 4,19 bilhões. Uma tendência semelhante foi percebida ainda em 2017, com o primeiro vendendo US$ 25,3 bilhões e o segundo, US$ 2,41 bilhões. Antes disso, em 2016, o evento do Alibaba vendeu US$ 17,79 bilhões, enquanto o da Amazon vendeu US$ 1,52 bilhão.

O Dia dos Solteiros também faz a Black Friday e a Cyber ​​Monday parecerem brincadeira de criança. Em 2019, as vendas da Cyber ​​Monday nos EUA totalizaram US$ 7,9 bilhões. A Black Friday e o Dia de Ação de Graças adicionaram US$ 9,7 bilhões a esse número, levando a um total de US$ 17,6 bilhões nos finais de semana.

Mais uma vez, olhar para os números de 2016 mostra um quadro semelhante. O GMV total do fim de semana de Ação de Graças em 2016 foi de US$ 8,4 bilhões, aumentando para US$ 10,7 bilhões em 2017 e US$ 14,2 bilhões em 2018.

Aposta forte em lives

Como resultado da pandemia, o Alibaba reduziu os eventos ao vivo este ano, optando por transmissões ao vivo. De acordo com o Alibaba, havia cerca de 400 executivos da empresa, bem como 300 celebridades, transmitindo ao vivo no Single’s Day 2020.

De acordo com o Coresight, o mercado de transmissão ao vivo na China está a caminho de gerar vendas no valor de US$ 125 bilhões em 2020. Comparativamente, gerou cerca de metade do valor em 2019, US$ 63 bilhões.

A principal razão para os ganhos surpreendentes é a tendência crescente de compras online devido à pandemia. Notavelmente, o mercado de transmissão ao vivo dos EUA vale apenas cerca de US$ 5 bilhões, de acordo com a Coresight.

Além disso, uma pesquisa da AlixPartners realizada entre setembro e outubro de 2020 revelou que, nos últimos 12 meses, mais de 60% dos consumidores chineses fizeram compras por meio de livestreaming.

Imagem: Reprodução

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: