fbpx

15 grandes empresas se juntam em campanha para levar oxigênio ao Amazonas

O Grupo Juntos pelo Amazonas, formado por 15 grandes empresas do País, vai apoiar o programa de ajuda ao Amazonas. O Estado tem passado por uma situação dramática nas últimas semanas em função da piora da pandemia do novo coronavírus.

O grupo fará uma doação para o programa Unidos Contra a Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz),  no valor de R$ 1,6 milhão, referente a uma usina de produção de oxigênio, que deverá dar suporte aos hospitais públicos da região. Até este momento, a fundação doou cinco dessas usinas com o apoio da iniciativa privada.

O grupo conta com a participação da Ambev, BNP Paribas, BRF, Coca-Cola Brasil, Grupo +Unidos, Magalu, Mercado Livre, Nestlé Brasil, Petrobras, Sesc, SulAmérica, WEG, Whirlpool, XP Inc. e Yamaha.

A ação destas empresas conta com o apoio institucional da Eletros – Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos -, que auxiliou na criação do grupo.

O compromisso das empresas no Juntos pelo Amazonas será com a doação dos recursos para as máquinas e acessórios da nova usina, que possui uma das mais avançadas tecnologias aplicadas a este tipo de equipamento e tem capacidade para atender uma unidade hospitalar em 12 leitos de terapia intensiva e 80 leitos de internação e pronto atendimento simultaneamente.

As cinco usinas já doadas ao governo do Amazonas foram recebidas nesta quarta-feira (20). Elas foram doadas pelo Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo e os equipamentos serão distribuídos às cidades de Carauari, Eirunepé, Lábrea, Manacapuru e Tabatinga.

Desde a semana passada, unidades de saúde públicas e privadas enfrentam dificuldades para receber o oxigênio hospitalar contratado das fornecedoras locais. Segundo a principal empresa produtora do Estado, a multinacional White Martins, sua fábrica em Manaus já opera no limite de sua capacidade, que, atualmente, é de 28 mil m³ por dia. Quantidade insuficiente para atender à demanda que, após o aumento do número de internações pela Covid-19, chegou a 76 mil m³ por dia.

Outra doação veio do Estado de Bolívar, na Venezuela. Cinco carretas do país vizinho chegaram a Manaus na noite da terça-feira (19) com cerca de 136 mil m³ de oxigênio.

Com informações da Agência Brasil
Imagem: Divulgação/Ministério da Saúde

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: