fbpx

Associação Brasileira de Bares e Restaurantes critica novo fechamento em São Paulo

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) criticou a decisão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em colocar todos os municípios do Estado na fase vermelha de restrições. Mais do que isso, a entidade critica o ambiente de incertezas que se criou.

“A cada dois dias, enfrenta-se uma mudança de posicionamento. É impossível que negócios se mantenham de pé em um cenário desses, no qual falta planejamento e transparência”, diz a associação, em nota.

“É cruel deixar que bares e restaurantes amarguem sozinhos os prejuízos de mais um fechamento. O que temos pedido incansavelmente ao governador Doria é respeito e justiça”, afirma Paulo Solmucci, presidente da Abrasel.

Ele comenta que o aumento no ICMS do setor e dos impostos sobre insumos essenciais vão contra medidas que estão sendo feitas ao redor do mundo. “Precisamos de ajuda, real e rápida, em São Paulo. Há condições plenas para que isso aconteça. O que parece faltar é vontade.”

O Estado de São Paulo volta, no próximo sábado (6), à fase vermelha do plano de flexibilização da economia. A medida tem por objetivo tentar conter o avanço da pandemia de Covid-19 em todas as regiões do Estado. Nesta etapa, apenas setores classificados como essenciais no chamado Plano São Paulo podem funcionar normalmente (confira, abaixo, o que pode e não pode abrir).

São Paulo volta à fase vermelha

O Estado de São Paulo volta, no próximo sábado (6), à fase vermelha do plano de flexibilização da economia. A medida tem por objetivo tentar conter o avanço da pandemia de Covid-19 em todas as regiões do Estado. Nesta etapa, apenas setores classificados como essenciais no chamado Plano São Paulo podem funcionar normalmente.

A medida começa a valer à meia-noite do sábado e se estenderá até o dia 19 de março. Serão 14 dias no total, inicialmente. As escolas das redes pública e privada permanecerão abertas.

O anúncio foi feito no início da tarde desta quarta (3) pelo governador João Doria e pela equipe do Centro de Contingência do Coronavírus. Desde o dia 26 de fevereiro, todas as cidades estavam com uma restrição de circulação mais rigorosa, com o que o governo chamou de “toque de restrição” entre as 23h e as 5h. Agora, esse horário foi ampliado, passando a valer a partir das 20h.

Com informações Estadão Conteúdo.
Imagem: Bigstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: