fbpx

Grupo Carrefour Brasil e WTorre erguem um dos maiores centros multiuso do País

O Grupo Carrefour Brasil e a WTorre anunciam uma parceria para a construção do Alto das Nações, um complexo multiuso com 320 mil m² de área privativa na cidade de São Paulo e que abrigará a torre corporativa mais alta do Brasil, se comparada com as torres corporativas em atividade existentes hoje.

Localizado no eixo Berrini/Chucri Zaidan, um dos mais importantes polos comerciais da capital paulista, o Alto das Nações prevê o desenvolvimento de um prédio comercial de 216 metros de altura, um centro comercial, uma torre mista com 20 mil m² e uma residencial com mais de 35 mil m² e cerca de 216 unidades.

Um dos grandes destaques será o hipermercado Carrefour, que ganhará um novo conceito de loja, com soluções e experiências diferenciadas. A população terá à disposição, ainda, um parque com mais de 32 mil m² – um grande espaço aberto de uso público que incentivará a interação com o ambiente, social, recreação, descanso e atividades físicas ao ar livre.

Imagem do projeto do complexo Alto das Nações

Local da primeira unidade Carrefour

A construção do Alto das Nações acontecerá no terreno onde hoje está localizado o hipermercado Carrefour, na Avenida das Nações Unidas, primeira loja da rede no Brasil, aberta em 1975. Durante todo o período de obras, a loja permanecerá funcionando normalmente. Após a conclusão do complexo comercial, a loja atual será substituída por uma das mais modernas do grupo, que contará com todas as inovações da rede para seus consumidores, e um centro comercial de 6 mil m², com uma área voltada para restaurantes, praça de alimentação, farmácia e outros serviços.

“O Alto das Nações faz parte da estratégia do Grupo Carrefour Brasil de valorização dos ativos imobiliários da rede. Além de termos um novo hipermercado, totalmente renovado e com conceitos inovadores, esse projeto reforça nosso compromisso de oferecer soluções para nossos consumidores e de ampliar o fluxo de clientes em nossos negócios”, afirma Yen Wang, CEO do Carrefour Property Brasil.

O novo complexo tem previsão de seis anos para ser finalizado e as entregas serão divididas em duas fases. Prevista para meados de 2022, a primeira etapa contemplará a nova loja Carrefour e um centro comercial. Já a segunda fase, com entrega das torres corporativa e residencial, está programa para ser finalizada até 2026.

“A região é o novo polo comercial em desenvolvimento da cidade de São Paulo e o principal eixo de crescimento para escritórios Triple A, sendo este, um dos últimos grandes complexos multiuso da cidade. O Alto das Nações, que está estrategicamente localizado e com grande visibilidade tanto na Marginal Pinheiros, como na Av. Chucri Zaidan, possui uma excelente rede de transporte, o que favorecerá a vinda de grandes empresas para o empreendimento. O projeto icônico contemplará a torre corporativa mais alta do Brasil e um presente para a cidade, uma praça com mais de 32 mil m² que poderá ser desfrutada por usuários e moradores do empreendimento e de toda a cidade”, afirma Luis Davantel, CFO da WTorre.

Urbanização, fluxo viário e sustentabilidade

O projeto do centro multiuso contará com uma praça aberta para uso público, com mais de 32 mil m², arborizada e com segurança, que prioriza o trajeto dos pedestres e a mobilidade urbana, e oferece áreas de lazer, eventos culturais e outros serviços disponíveis para a população.

Os carros vão circular por baixo da praça, em um projeto que já tem o termo definitivo de recebimento da CET da conclusão das diretrizes urbanas, emitidas pela SMT (Secretária Municipal de Transportes).

O projeto prevê, ainda, a integração com os diversos modais de transporte público da região, incentivando a redução do uso de veículos e as emissões de gases de efeito estufa, poluição e outros prejuízos ambientais. Além disso, toda a área contará com infraestrutura completa para bicicletas e outros transportes alternativos, aprimorando a saúde pública por meio do incentivo às atividades físicas utilitárias e recreativas.

Mais de 300 arvores de espécies nativas serão plantadas no empreendimento multiuso, garantindo a restauração da faixa de proteção ambiental da margem do rio Pinheiros, preservando a permeabilidade do solo e o recobrimento verde no terreno. Desta maneira, o projeto ajudará a colaborar com a qualidade do ar e do microclima interno do empreendimento e do entorno.

Imagens: Divulgação

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: