fbpx

Nubank recebe sinal verde do Banco Central para aquisição da Easynvest

Por enquanto, as plataformas permanecem operando canais distintos

O Nubank acaba de receber a aprovação do Banco Central do Brasil para a aquisição da Easynvest, corretora digital com mais de 1,5 milhão de clientes e R$ 26 bilhões de ativos sob custódia. Com o sinal verde do órgão regulador, as duas empresas podem dar prosseguimento ao processo de conclusão dos termos do negócio anunciado em setembro do ano passado.

Antes da aprovação pelo Banco Central, o Nubank já havia recebido o aval do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) em novembro de 2020. Enquanto os trâmites finais da aquisição são tratados, o Nubank e a Easynvest avançam no plano de transição e integração dos serviços. Por enquanto, as plataformas permanecem operando com experiências, aplicativos e centrais de atendimento distintos.

A aprovação da aquisição da Easynvest é mais uma etapa do Nubank no mercado de investimentos no Brasil. Na segunda quinzena de abril, o banco digital já havia anunciado sua primeira experiência para investimentos com o início dos testes de três fundos multimercado. Com foco em facilitar a jornada de pessoas interessadas em alcançar seus objetivos com investimentos, o processo é guiado pelo Nubank 100% via aplicativo para a definição de perfil, valor do aporte, monitoramento e pedido de resgate. Com aplicação a partir de R$ 1, a tomada de decisão é auxiliada a partir da curadoria dos produtos feita pelo time de Gestão de Ativos do banco digital.

Com a aprovação da aquisição da Easynvest pelo Banco Central, o Nubank incrementa a sua prateleira de serviços financeiros. Após a conclusão dos trâmites finais da operação, o banco digital passará a ter sob o mesmo guarda-chuva desde produtos básicos – como conta digital e cartão de débito e crédito -, até ações e opções mais sofisticadas de renda variável para investimentos.

“Temos a visão de tornar investimento um hábito entre os brasileiros, independentemente da renda ou se já possuem algum tipo de investimento. Estamos desenhando uma plataforma completa de investimentos que visa atender a todas as características de investidor e os fundos que estamos lançando são mais uma etapa no caminho que estamos percorrendo”, destacou cofundadora Cristina Junqueira.

Imagem: Bigstock

Redação

Redação

Leia diariamente as notícias mais impactantes sobre varejo, consumo, franquias, shopping center e foodservice, entre outros temas, no Brasil e no mundo.

Relacionados Posts

Próxima Postagem

REDES SOCIAIS

NOTÍCIAS

Bem vindo de volta!

Entre na sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Add New Playlist

%d blogueiros gostam disto: